quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Eu já sabia

Uma vergonha. Na postagem de ontem sobre o jogo eu já havia avisado que se não houvesse empenho a "sacola" viria cheia de gols. Um primeiro tempo em que começamos bem, fizemos até um gol mal anulado e depois foi uma vergonha só. 

O que me chamou a atenção é que o time que entrou em campo não dá para chamar de Sub-23, pois ou o cara tem mais (muito mais) de 23 anos ou mesmo que não tenha, como o Renan por exemplo, já tem experiência suficiente para jogar em qualquer estádio do mundo.

No segundo tempo, o "JÊNIO" (assim com "j" mesmo) Verdini fez duas mudanças de que nada adiantaram, ou ele achava que colocando Rafa Costa para trombar com 3 zagueiros era uma revolução tática?

Bom, agora acabou, teremos o time principal contra o Criciúma e a pressão sobre eles já começa a partir de hoje. Infelizmente é isso que vai acontecer, existe a obrigação da vitória contra o Criciúma, vão pagar o pato pelas duas péssimas partidas que este "misturão" fez antes deles entrarem em campo.

2 comentários:

  1. Concordo com você Rogério, o que vi ontem não foi um time e sim um amontoado de jogadores sem vontade, sem preparo físico, sem técnica, sem organização, sem técnico, sem vergonha na cara.
    Me parece que foi combinado o seguinte, chamaram alguns "jogadores" e disseram: pessoal, não podemos levar WO nos dois primeiros jogos então precisamos colocar gente pra jogar sem compromisso, vamos vestir a camisa do Avaí e cumprir esses dois jogos antes da estréia do verdadeiro Avaí. Uma completa falta de respeito com a história do clube. Preferia que jogassem com o time junior, esses sim tem alma avaiana e não teriam feito essa vergonheira.
    Abraço
    Netumba

    ResponderExcluir
  2. O que se viu nesses dois jogos foi, sem sombra de dúvida uma vergonha.
    Time ruim, mal orientado, mal fisicamente.
    Novamente, a exemplo do primeiro jogo, não vimos o meio-campo jogar, e as bolas, na maioria das vezes sendo lançada para o ataque, sem trabalhos mais adequados, rifando a bola.
    Desse modo, nosso ataque não poderia mesmo jogar.
    Nossa defesa uma brincadeira, o Thiesen, mais uma vez, mostrou que não pode jogar no Avai.
    Porém, essas demonstrações de ruindade aguda podem trazer coisas boas, se estimular o Zunino a fazer uma limpeza geral, mandando um monte embora, começando com o Verdini, que pelo jeito jamais será madurini.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.