terça-feira, 25 de janeiro de 2011

O exemplo Conca

No Brasileirão do ano passado o argentino Conca do Fluminense jogou todas as partidas do Brasileirão. O time carioca acabou campeão e o gringo foi escolhido o melhor jogador do campeonato.

Cá entre nós, um jogador franzino, com cara de duende, magrinho... seria minha última opção na escolha da pelada do fim de semana. O fato é que é um craque, inteligente, habilidoso, um profissional exemplar.

Conca, não é de ferro não. Muricy Ramalho, técnico do Fluminense, revelou que por diversas vezes Conca jogou com dores e foi dúvida em várias partidas. Mas Conca ia para o sacrifício, pedia para jogar e às vezes contrariava os médicos.

Virou exemplo para outros jogadores que ficavam com vergonha de sentir "dorzinha na panturrilha".

Claro que a postagem sobre o Conca é dirigida ao Avaí. Estou pedindo, agora, aos atletas avaianos que não se entreguem por causa de qualquer dorzinha. Hoje é 25 de janeiro, e precisaremos de jogadores obstinados, como é o argentino Conca, para termos grandes conquistas este ano.

Espero que os dois primeiros jogadores avaianos que sentiram "dorzinha", George Lucas e William, recuperem-se logo, porque agora é a hora de jogar, quando o time vem de 3 derrotas consecutivas, depois, quando embalarmos a turma que roeu o osso tem todo o direito de reivindicar a vaga de titular.

E que assim seja durante todo o ano, jogadores que não se entregam, e que passem longe do departamento médico.

Para encerrar, meu pai, "Seu" Tullo, que jogou futebol sempre dizia: na minha época não existia contratura, dor no púbis ou lombalgia. Ou o cara tinha distensão ou fratura, o resto se resolvia com um bom aquecimento antes dos jogos".

"Seu" Tullo pegou a época que eram 11 para cada lado, sem suplentes, se alguém se machucava durante a partida ia pra ponta esquerda e por lá ficava.

Um comentário:

  1. ROGÉRIO...QUE SIRVA DE EXEMPLO PARA OS DOI-DOI DO NOSSO AVAÍ. GEORGE LUCAS E WILLIAN DEVERIAM ESPELHAR-SE NO CONCA. DORZINHA NA PANTURILHA...É
    RICA

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.