segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Os animais avaianos

O título da postagem é de minha autoria, o relato abaixo é do Rodrigo Buch, que retirei do blog Pitaco Azul:

"O leitor e Amigo Rodrigo Buch faz um pequeno relato das condições que foi submetida a torcida avaiana naquilo que chamam de "Monumental" do SESI!
Tocalopau Buch:"
Amigos do Pitaco!
Realmente a melhora foi pouca, mas a disposição foi muita daqueles avaianos que foram a Blumenau, isso porque já era sabido que os torcedores visitantes ficariam em PÉ, isso mesmo, lá em Blu é permitido a chamada geral.
Como cheguei cedo fiquei ouvindo a radio nereu e por lá a situação da geral é normal, aliás, eles reclamavam da geral não estar com os torcedores do Metro, isso porque ali por jogo ficam em média 1000 pessoas que pagam 20 reais.
Só que a inteligente diretoria do Metro nos colocou em pé dentro de um cercado, CADEADO durante todo o jogo como animais e por várias vezes o leão de chácara que ficava cuidando do cadeado saiu e foi se abrigar da chuva, um total descaso pois se houvesse qualquer imprevisto com a nossa torcida como sair da "jaula" já que estava fechada.
A idéia de colocar os torcedores na geral foi infeliz e nada amistosa, fica a pergunta porque só na capital eles reclamam até a tinta do corrimão, enquanto no interior somos tratados como bois, enquanto isso o Avai e seus torcedores tratam muito bem a todos os visitantes que vem a floripa, com todo o conforto e segurança merecida para aqueles que pagam pelo espetáculo.
Abraços,
Rodrigo Buch

2 comentários:

  1. kkkk isso é uma comédia , bota a camisa do JEC e tenta entrar nesse chiqueiro ai de vcs pra ver o q vai acontecer, o minimo é gusparada na cara que leva o resto só deus sabe , mas fica tranquilo os animais do figayra conseguem ser pior ainda....

    ResponderExcluir
  2. Jenifer, dai estamos tratando de coisas distintas. O tratamento dado a torcida do Avai foi por parte da DIRETORIA do Metro, que joga em um Estádio emprestado e sem condições de abrigar a um jogo de futebol.

    O espaço que o Avaí cede aos visitantes tem banheiro, bar, cadeiras, etc.

    Outra coisa é o tratamento mal educado dado por torcedores de um clube aos visitantes.

    E nisso a torcida do JEC é campeã. É a mais hostil do Estado desde os tempo de Ernestão. Cusparada, urina, pedra e furtos eram comuns no Ernestão. Na Arena não mudou muito.

    Tanto é verdade que a torcida do JEC é hostil que nunca comparece em grande número na Ressacada, pois são cagões, fazem merda aí em joinville e depois não quere vir pra cá.

    Agora uma coisa é certa, torcedor mal educado existe em todos os lugares, mas como disse, o foco da postagem era exatamente as condições de alguns estádios em SC.

    Abraço

    Rogério

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.