domingo, 30 de janeiro de 2011

Toma gremista!

Jonas, n. 18 do Valência
Fiquei pasmo. Me senti mal e não entendi nada. A cena do jogador Jonas discutindo com o torcedor gremista durante um jogo pelo gauchão me deixou bem confuso.

O 5º maior artilheiro da história do clube, responsável direto pela campanha gremista no brasileirão 2010 (artilheiro do Brasileirão), que ajudou o clube a chegar na Libertadores, era hostilizado pelo torcedor tricolor por conta da campanha no gauchão

Neste jogo, o Grêmio perdia em pleno Olímpico para um time do interior por 1x0, Jonas fez 2 gols e virou a partida, dando a vitória ao time, um rotina desde que chegou ao clube.

Dias depois.... o atacante deixa o clube a preço de banana, rumo ao Valência da Espanha. Foi um dos maiores tapas na cara que eu vi, de um ídolo do futebol contra sua torcida. Uma lição que jamais será esquecida pelo torcedor gremista que hostilizou um herói.

Esta história de Jonas no Grêmio serve de lição para todos os torcedores que não dão crédito a um ídolo por conta, às vezes, de uma má fase ou uma má campanha. Ri muito quando soube da transferência de Jonas para o futebol espanhol.

Sabem o que é mais cruel? Dizem, e eu não confirmo, que Jonas ficará 6 meses na Espanha e depois se apresenta no... Beira-Rio, que castigo hein?

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.