segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Empatar com o Real Madrid não é pra qualquer um

Há tempos eu não via um clássico com um time tão favorito. Nenhum desfalque, entrosamento de quase um ano, melhor técnico do planeta, jogando em casa e com jogador cotado para a Seleção Brasileira (que piada!).

Durante a semana a expectativa era saber de quanto venceriam, afinal estavam 100% em casa. Concórdia, Brusque e JEC não haviam sido páreos para eles. Fora de casa, invictos também. Nenhuma derrota e nenhum vitória.

Pois na hora do "pega pra capar", o ainda em formação time avaiano foi guerreiro, calou a boca da imprensa e da torcida deles, e de quebra ainda comemoramos um golaço de Rafael Coelho em pleno Remendão.
O empate não é motivo de comemoração efusiva de nossa parte. Mas eles perderam a grande chance do ano de nos vencer.

Temos pelos menos mais 3 jogos contra eles em 2011, mas até eles chegarem nossa formação será outra, nosso preparo físico estará melhor e teremos agregados outros valores à equipe.

Um ponto não nos serviu pra quase nada, agora é vencer tudo que temos ainda no primeiro turno e somarmos pelo menos uma pontuação mais digna. O campeonato começou para nós, agora, de verdade.

2 comentários:

  1. é mesmo
    deixa o time entrar em forma
    e estrear todos os jogadores :D

    ResponderExcluir
  2. O melhor do clássico foi a gente ver que o time está tomando forma, que tem condições de ir bem no segundo turno, considerando, ainda, que temos outros jogadores que estarão atuando.
    Todo mundo imaginava que eles teriam vida fácil, mas, na verdade, o time deles não é tudo aquilo que a imprensa particular deles fala e escreve.
    Pra ser sincero eu não diria que o time deles não é aquilo tudo, eu diria que não é nada daquilo.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.