domingo, 27 de fevereiro de 2011

Estranho silêncio...

Foi o que aconteceu na narração de Luiz Augusto Alano, da CBN (nunca será um Salles Júnior). O jogador do Tigre partia para fazer o 2º gol quando foi derrubado por Igor em uma falta desclassificante.

O árbitro não deu nem amarelo, pois ocasionaria a expulsão do jogador Barbie. No momento da falta Alano ficou em silêncio só voltou a falar depois que o susto, ou melhor, depois de ver que o árbitro não havia expulsado o meia Igor.

Eles se entregam a todo o momento, não é mesmo?

5 comentários:

  1. Não foi só o silêncio do Alano, o tal de Andre Lino, o sobrenome diz tudo, este quase chorou durante a narração pelo perpevil global.

    ResponderExcluir
  2. O melhor foi ver a raiva do Paulo Brachi depois do jogo queria brigar com todos até critico o técnico deles.

    ResponderExcluir
  3. ANÕNIMO, muita gente ainda não percebeu, mas é no Paulo Branchi que a moléstia ataca mais forte. - Roberto Costa

    ResponderExcluir
  4. Esse Alano é um rosado eterno vice pois o campeão sempre será o Sales.

    ResponderExcluir
  5. Concordo com o Roberto Costa, o paulo preto e branchi, é o mais incisivo, parece que tem uma mágoa com o Avaí muito forte, pois ele tenta ser sutil em seu programa...

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.