domingo, 27 de fevereiro de 2011

Globo fora, vamos ver no que vai dar

Esta recusa da Rede Globo em participar do processo licitatório dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro cria uma situação interessante. A Poderosa sempre foi muito criticada por todos principalmente pela concorrência, tanto nos valores pagos, quanto nos horários que impunha para os jogos do Brasileirão.

De qualquer forma, não podemos esconder que em termos de qualidade de transmissão de jogos e de profissionais a Globo dá um banho. Principalmente se juntarmos os profissionais da Sportv.

Fica agora a questão: Será que a concorrência vai manter a qualidade? Não é só pagar pelos direitos, é ter estrutura para prestar um bom serviço. Estou defendendo a Globo? Claro que não, torço para que dê tudo certo, no entanto estou ansioso para ver no que vai dar.

Desejo muito que os jogos sejam transmitidos mais cedo no meio da semana. Dificilmente fico até o fim de uma partida na quarta-feira. Ir deitar perto da meia-noite, mais um tempo para conseguir dormir e ter que acordar cedo no dia seguinte para trabalhar não é fácil.

Isso eu falo em relação aos jogos que assistimos no conforto do lar, e os jogos que temos que ir ao estádio? Daí não é só as poucas horas que restam para descansar, é a negociação em casa também...

Espero que esta troca represente uma revolução e que nos abra os olhos de que "existe vida inteligente além da Globo para o futebol brasileiro".

Um comentário:

  1. Rogério, a Globo se retirou DESTE processo de licitação nos moldes como ele se apresenta.Não significa que ele não irá transmitir, significa que ela buscará negociação individual com parte dos clubes, para transmitir as partidas fora deste molde. Infelizmente, ela vai conseguir.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.