sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Já está empregado!


Para ler a reportagem completa clique aqui. E dá-lhe coletivo!

Um comentário:

  1. Ele será sempre o mesmo.
    Com aquele corpinho, eu acho que nas horas vagas ele vai ganhar algum, de baiana, vendendo acarajé.
    Não seria lindo?

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.