quinta-feira, 10 de março de 2011

3 pontos e só.

Foi difícil. A atuação do Avaí na noite de ontem foi sofrível. O experiente técnico Nestor Simionato viu o jogo entre Chapecoense e Avaí e pensou: "posso vencer", e veio para a Ressacada atrás dos 3 pontos.

Neste primeiro momento o esquema com 3 zagueiros não funciona. O time tem que estar ajustado nas alas, e não é o caso, ainda, no momento.

Os 3 defensores de área bateram cabeça e tomamos outro gol pelo alto. 3 gols de cabeça em dois jogos. É muita coisa.

Prefiro que Silas mantenha o 4-4-2 utilize dois homens de proteção à zaga, dois armadores, dois atacantes e pronto, o time fica melhor distribuído.

Pode ser Marcinho, Diogo Orlando, Estrada e Marquinhos no meio, tem tudo pra funcionar.

Gostei da atuação de Julinho, já pedia a entrada dele há algum tempo, pois Pará não vingou. O Avaí até melhorou um pouco, com os jogadores cumprindo funções, mas está longe do ideal.

Destaque para a insistência de Silas com Cristian "ah mas fez um gol" mas não é efetivo, espera a bola chegar, não briga, etc...

Agora é o Criciúma, um time mais ajustado, que perdeu ontem à tarde e quer acumular pontos no returno. O empate para eles é excelente, faz um pontinho e segura o Avaí. Vamos ter que nos virar.

Menos mal que o violento e malandro Carlinhos Santos foi expulso e não joga aqui, um a menos pra catimbar.

É pouco tempo para trabalhar até o fim de semana, mas não tem muito a alterar em termos de peças, mas de atitude sim.

2 comentários:

  1. "a o christian fez gol..." dirão alguns
    a bola bateu nele e entrou....se fosse um poste tgeria feito tbm....unico merito era estar ali na hr certa e já que estava, fazer era mais que obrigação

    ResponderExcluir
  2. Existe, realmente, a insistência com o Cristian, que não tem mostrado um futebol à altura do que se espera, além da manutenção do Estrada na reserva.
    Porém, o que chama a atenção é o time como um todo.
    Muito ruim, sem ímpeto pela vitória, sem a raça que a gente espera ver quando vai ao jogo, com raras exceções.
    Tomar dois gols do Brusque na Ressacada é dose pra elefante, sem contar que jogaram com dez uma grande parte do jogo, equilibrando as ações.
    Só ganhamos quando eles, com um a menos, mostraram cansaço.
    É preciso correr contra o tempo pra arrumar o time pra domingo, porque domingo o adversário é o Criciuma, que vai perder pra Chapecoense (já ocorreu), pro Joinville e qualquer outro time que tiver chance de ganhar o segundo turno, com exceção do Avai e do imundiça.
    O time tem que ser outro no domingo, vai ter que jogar.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.