segunda-feira, 14 de março de 2011

Adiamento do jogo dos Barbyes (Por Roberto Costa)

Fiquei pensando sobre esse adiamento fora daqueles moldes tradicionais em que o árbitro, soberano, adentra o gramado e confere in loco as condições para a prática do futebol, confirmando ou não a realização do jogo. Por que o jogo barbyes X Brusque foi transferido para outra data, sem exame do gramado horas antes do início e por quem de direito, sua senhoria o árbitro? Ao que parece, por uma medida da federação tomada de afogadilho na véspera. A quem aproveita esse belo exercício de prestimosidade que antecipou a decisão em 24 horas? Aparentemente, o ato não resulta em benefício para ninguém. Eu disse aparentemente, porque os barbyes vão ter meia semana para pensar o jogo já conhecendo todos os demais resultados, aqui a ordem dos fatores pode alterar o resultado. Pela dinâmica da tabela seu treinador vai saber se pode ousar mais ou precaver-se, e não pára por aí, essa vantagem se torna dupla, porque já definido que o time barbye fará o jogo das 18,30h no próximo fim de semana, outra vez entrará em campo sabendo os resultados da rodada.

Os clubes, Avaí, Criciuma, Joinvile, Chapecoense, virtuais candidatos ao título, deveriam questionar, cobrar explicações sobre esse fato novo e nebuloso, essa estranha dispensa da aplicação da norma. - Roberto Costa (O nosso)

Um comentário:

  1. Com relação ao adiamento da partida de Brusque, posso testemunhar (moro na região) que esta foi uma das mais sensatas atitudes que a FCF já tomou em sua história. A cidade de Brusque ficou praticamente isolada, o campo não apresenta as menores condições (talvez não apresente nem para quarta-feira...) e seria uma irresponsabilidade deixar que torcedores e os próprios times se deslocassem até Brusque, apenas para o árbitro decretar o óbvio: que o gramado não reunia as menores condições para a prática do futebol. Neste aspecto acertou a FCF. Se beneficiará o Brócolis ou não, aí a história já é outra mas, independentemente disso, julgo acertada a decisão da FCF.

    Abraços

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.