sábado, 5 de março de 2011

Mandado

Só pode ser coisa encomendada para "ajudar o rapaz". As insistentes notas de Roberto Alves em favor de Celinho só podem ter partido ou da Federação ou do Departamento de Árbitros.

Sim, pois ele apitou mal o campeonato inteiro, além de uma arbitragem desastrosa na Copa do Brasil. Daí bastou não cometer nenhum grande erro na semifinal do turno entre Criciúma e Chapecoense, que "voltou a apitar bem."

É muita benevolência com o péssimo árbitro e parece coisa mandada. Sobre a arbitragem dele no jogo da semifinal, é tudo questão de opinião, já que em um jogo bem disputado e pegado, com campo molhado, ele aplicou somente um cartão amarelo, ou seja, foi cuidadoso, principalmente com jogadores pendurados.

Parem com isso, é fraco, vamos prestigiar quem tem potencial. Ah, não estou escrevendo isso porque apita jogo do Avaí hoje não, qualquer que seja o resultado vai depender muito de nossa competência.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.