sexta-feira, 25 de março de 2011

O jogo de domingo é estratégico

O JEC não é mais adversário direto. Mesmo que o Avaí perca na Arena Joinville o resultado não será um desastre para a classificação entre os 4 primeiros. E para o JEC seria só uma forma de prolongar a agonia.

Claro que minha sentença acima não é verdade absoluta, vale ser debatida e etc. O que quero dizer é que em Joinville não passará a "última carroça" para o Avaí.

Levemos em consideração que no Remendão teremos Barbies x Índios, o 1º e o 3º colocados, se matando.

O Criciúma jogará em Blumenau, o Metrô não perderá todos os jogos daqui pra frente, vai com certeza fazer um "crime", talvez um empate.

Esta enrolação toda acima é pra dizer que eu acho, sinceramente, que temos que dar uma olhada em alguns jogadores do elenco avaiano e quem sabe... dar uma poupada.

William por exemplo, que vem em uma fase sensacional, é jogador que se machuca com frequência, que gosta de um choque e que ESTÁ PENDURADO COM DOIS CARTÕES.

Se tomar o 3º não joga o clássico. E vimos lá em Ipatinga que nosso ataque sem William inexiste! O jogo lá em Joinville vai ser uma guerra, a começar pelo árbitro, com serviços prestados em um passado recente, em jogo na Arena entre JEC x Avaí.

Daí em 2 parágrafos eu fui o rei da incoerência. No anterior eu acho que sem William não temos ataque e mais acima eu quero que ele seja poupado.

Pois é. Vejo o clássico como um jogo mais importante na tabela e moralmente. Vocês sabem o que acontece em um lado da cidade quando o outro é vencedor no clássico. A torcida do derrotado quer a cabeça do goleiro ao ponta esquerda, do gandula ao presidente, e do treinador nem se fala...

Rafael Coelho volta novinho em folha, cumpriu suspensão, etc... M. Gabriel já mostrou que é jogador importante no elenco, então um descanso ao Batoré não seria nada demais, o nosso "jogo do ano" no momento é o próximo clássico.

Entre Barbies e JECA eu sempre vou querer jogar completo contra os rosados. Além disso, apesar da má fase do rival do estreito o time joga há mais tempo junto e a tendência é que se superem no clássico.

O JECA está desesperado, podemos jogar esperando por eles, armando o bote para jogar na boa, e nos contra ataques, matar o coelho joinvillense.

2 comentários:

  1. Rogério,

    Sem falar que Wiliam será importante contra o Ipatinga antes de jogarmos com as Barbies.

    ResponderExcluir
  2. Também considero que o clássico é o jogo mais importante e o Willian não deve jogar contra o Jecaville, porque a primeira ação do la, digo, do árbitro será dar um amarelo pra ele, mesmo que ele não mereça, não tenham dúvida quanto a isso.
    Podemos adiantar o Marquinhos Gabriel e entrar com o Estrada. Podemos utilizar o Maurício Alves, claro, com milhões de recomendações, senão ele será a mesma coisa.
    Temos, ainda, o Evando, que ainda não se sabe o que faz no Avai, mas está lá, então, é opção.
    O Willian tem que simular uma contusão no treino de hoje.
    Temos condições de ganhar sem o Willian, mas mesmo um empate seria bom, mas o Willian não pode estar fora do clássico.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.