segunda-feira, 21 de março de 2011

O otimismo voltou

Vou esquecer um pouco minhas preferências na escalação do Avaí. Os 11 jogadores que começaram jogando ontem são os titulares, pronto.

O raciocínio é simples, temos que entrosar o time. E este entrosamento começa a aparecer. Mas o que me chama a atenção e me deixa mais tranquilo para, daqui pra frente é o seguinte, peguem a escalação de ontem e depois vejam quem ficou de fora, então vamos lá:

Renan, Gustavo, Emerson Nunes, Gian, Cássio e Julinho; Marcinho Guerreiro, Diogo Orlando e Marquinhos; Rafa Coelho e William.

Daí do meio pra frente vejam quem tem para entrar neste time: Estrada, Fabiano, Marquinhos Gabriel, Evando e Maurício Alves, este último com a desconfiança do torcedor ainda, mas que é um jogador com características diferentes dos titulares e dos outros reservas.

Não coloquei Batista, Bruno, Acleisson e Cristian, xodó do Silas, pois os três primeiros tem características mais defensivas e Cristian eu não vejo com condições de brigar por posição lá na frente.

O que me chama a atenção é que o time titular não vinha rendendo até agora mas a "suplência" tem muita qualidade. Por isso a importância de entrosar o time titular, pois facilita no rendimento de quem entra depois.

Novamente aquela luz nos mostrando que temos um bom elenco se acende e começamos a ver uma perspectiva de um fim de campeonato melhor.

2 comentários:

  1. Ainda acho que precisamos de 1 zagueiro boooom.

    ResponderExcluir
  2. Também, acho que precisamos de mais um ou dois zagueiros e poderíamos, pra começar, dar uma olhada no Gustavo do Boa Vista do Rio.
    Precisamos, também, de laterais e talves mais um atacante.
    Realmente o otimismo voltou, pela excelente atuação do time, mesmo considerando que o Imbituba é muito fraquinho.
    Jogamos com raça, vontade de ganhar, responsabilidade e alegria.
    Nosso time já é outro (bem melhor) e espero que na quarta ele seja, ainda, outro (bem melhor ainda).
    Temos que fazer pontos pra chegar em primeiro e trazer a decisão pra Ressacada.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.