terça-feira, 1 de março de 2011

Rolo do lado de lá, secam notícias do lado de cá...

As ações amadoras do nosso maior rival simplesmente estão ofuscando toda a expectativa da nossa caminhada à conquista do returno.

Não esperava que a diretoria deles fosse aprontar tanto. Acho que fizeram de maneira pensada. Só pode ser. Passaram por cima do gerente, avaiano, Chico Lins e demitiram o treinador. Pelo menos é o que rola na internet desde a noite de ontem.

A culpa pela demissão, deve ter sido do repórter de uma rádio da Capital, que fez uma pergunta capciosa ao presidente Lodetti (se pronuncia Lodêtti) que imediatamente respondeu de forma explosiva. Ali estava decretado o fim da era "Goiano" (que pena).

Agora apostam na "fórmula Silas" mais uma vez. O que é a "fórmula Silas"? É o modelo adotado pelo Avaí em 2008: técnico jovem e com ambição na profissão. Na verdade eles adotaram mais uma vez, pois Goiano também tinha esse perfil.

Viramos modelo de clube de sucesso, e agora vemos a todo momento nosso maior rival nos imitando. E agora com "um plus a mais" o treinador deles também é pastor, e amigo do nosso treinador.

Pelo que conheço do Jorginho a primeira medida é mudar o símbolo do furacão, que lembra tragédia, para uma calma brisa...

Um comentário:

  1. Já ouvi falar, e não sei se é verdade, que o Goiano foi mandado embora porque colocou um lateral, que é do Prisco, pra jogar, e o garoto foi rejeitado pelo resto do time que não passava a bola pra ele.
    Segundo quem falou, a escalação dele foi a pedido do Prisco, por telefone.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.