quarta-feira, 20 de abril de 2011

Hoje é Copa do Brasil

Já tivemos a primeira vitória da semana, ontem, no TJD/SC, não perdendo o mando de campo por causa do sinalizador jogado no Clássico.

Hoje temos o Botafaogo pela frente, para eles e para nós o jogo mais importante do ano. Loco Abreu, atacante do time carioca fala em fazer um gol antes dos 15 minutos de partida.

Ora, que bom que eles pensam assim. Depois da campanha do Avaí no Brasileirão de 2009, com um dos melhores aproveitamentos nos jogos em casa, os times que aqui vieram no Brasileirão 2010 dificultaram muito nossa vida.

Vinham fechados, jogando no contra ataque. Se o Botafogo vem pensando em ser mais agressivo e partindo pra cima, é o tipo de jogo que nos favorecerá.

Mas não podemos ficar só lá atrás, sendo sufocados, como aconteceu no 2º tempo lá no Engenhão. Temos que ser agressivos também.

O horário do jogo é ruim pra chegar à Ressacada, agrega o trânsito normalmente complicado nesta hora do dia, mais o fluxo de torcedores ao Estádio, a boa notícia é que amanhã é feriado, então não existe a pressa pra voltar pra casa.

Passando pelo Botafogo atingimos uma condição inédita na Copa do Brasil, isso por si só já é motivo suficiente para irmos à Ressacada, e empurrar o Avaí para a classificação.

É um daqueles momentos históricos que sempre falo, e quem não for vai perder.

2 comentários:

  1. Espero que o Silas leia esse teu post e concorde.
    Se o time ficar esperando o Botafogo vai ser um sofrimento pré-feriado.

    Abs

    ResponderExcluir
  2. Lá no Rio o Silas foi bem na escalação, muito melhor do que eu esperava.
    Hoje, embora a gente tenha a vantagem do empate, em até um gol, espero que ele coloque o time pra frente, pra não dar o campo todo pro Botafogo jogar.
    Contra o Joinville (4x0), ele não entendeu muito bem o que era o jogo e fez tudo errado.
    Tomara que hoje ele esteja bem certo do que deverá ser o jogo, considerando as aspirações dos dois times em campo.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.