terça-feira, 26 de abril de 2011

Profissão Cômoda!

Se alguém procura uma profissão cômoda, prepare-se para ser comentarista esportivo. O atual presidente do tombense definiu a troca de Marcio Goiano por Jorginho como uma "cirurgia". Marcio Goiano gozava de grande apreço entre a turma da mesa, muito em especial de parte daquele que se declara avaiano. Feita a cirurgia, começaram as críticas ácidas, os insucessos de Jorginho mencionados no ar, nas telinhas. Jorginho, que tinha currículo discutível, começou uma trajetória razoável e ganhou o clássico na Ressacada. Então ouvíamos coisas como: Jorginho já fez a torcida esquecer Marcio Goiano. O tombense tem o melhor time do Campeonato. O tombense tem o melhor ataque, a melhor defesa. O futebol mais bonito. Perdido o clássico no remendão, e a consequente desclassificação, o pau está caindo em cima do Lodetti e sua "cirurgia." Por isso eu digo, que cômoda profissão a de cronista esportivo, pelo menos em Floripa, a receita é apenas ser crítico de resultado, palavras elogiosas para quem vence, pau no lombo de quem perde. Assim não se comprometem. Até domingo passado à tardinha, tudo maravilha, o tombense era favorito, jogava em casa, o time tinha conjunto, o café amigo estava garantido, agora, a cirurgia foi um tremendo fracasso... - Roberto Costa (O nosso).

Um comentário:

  1. No andar da carruagem, é possível que o planejamento do Avai seja louvado daqui a pouco.
    Aliás, se compararmos o planejamento do Avai com a cirurgia do grande cirurgião Dr. Lodetti, já estamos dando um banho.
    É muito comum, hoje em dia, os médicos operarem no lugar errado.
    FICA LODETTI!

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.