sexta-feira, 22 de abril de 2011

Sem zagueiros no banco!

Silas sempre que necessita justificar não ser um técnico retranqueiro cita o Clássico do Créu, quando não escalou zagueiros para ficarem no banco de reservas. Em seguida emenda afirmando que isso era necessário porque outro resultado não interessava o Leão da Ilha, senão a vitória.

No clássico deste final de semana, também somente a vitória nos interessa. Isso não importa dizer que para vencermos não poderemos ter zagueiros no banco. Mas nossa equipe e técnico devem entrar com o mesmo espírito daquele jogo. Devem entrar focados no jogo, mentalizando apenas o objetivo de vencer e jogar seu futebol.

O caminho da vitória já se conhece. Tem que colocar em prática. De qualquer forma, será um grande jogo e tenho convicção que o Avaí tem bola para sair vencedor.

Um comentário:

  1. Eu acho que ganharemos.
    Quanto a não ter zagueiros no banco acho uma temeridade, mesmo quando se precisa ganhar o jogo.
    Jogo se ganha escalando bem e colocando o time pra jogar de forma ofensiva, querendo ganhar, buscando o resultado, e isso não deve ser feito somente no final do jogo, porque nem sempre haverá um penalti pra empatar ou ganhar o jogo.
    Acho que para o Silas, time ofensivo é o que só tem três volantes, claro né, um deles é segundo volante.
    Vamos aguardar o domingo. Se jogarmos só com três volantes, eu arrisco um "dois a um".
    Acho que a gente tem que torcer pro mundiça fazer um gol bem no comecinho, daí nosso retranqueiro bota o time pra cima com termpo de ganhar, considerando que ele só coloca o time pra frente quando está perdendo.
    Onde andas Zunino?

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.