quarta-feira, 25 de maio de 2011

90 minutos para uma final


Avai x Vasco na Ressacada, dia 25 de maio de 2011. É o segundo jogo da semi-final, temos a vantagem de poder empatar em 0x0, só isso.
Como é impossível passar o jogo todo se defendendo para buscar um 0x0, isso não poderia ser considerado futebol, a vantagem se dilui na realidade, ela só existe no papel.

O Avaí tem que entrar em campo sabendo que na verdade precisa vencer. Pelas entrevistas dos jogadores avaianos, desde a semana passada eu senti que o pensamento é exatamente esse, de não ficar somente esperando o time de Vasco, vamos agredir também, dentro do nosso estilo de jogo.

O time carioca chega confiante, sem dúvida o empate no final da partida lhes deu nova motivação, mas eles sabem que se vierem como uma "caravela desembestada" podem afundar logo de cara (pô, essa foi boa hein?).

Silas novamente faz algum mistério em relação a escalação, fala-se em Julinho no ataque aproveitando que Romano teve boa atuação contra o Flamengo.

Cássio deve substituir Bruno, colocamos um zagueiro no lugar de um jogador que vem dando conta do recado, mas que não é da posição.

E no meio Marcinho Guerreiro e Marquinhos, ausentes contra o Flamengo tem o retorno garantido.

O time do Avaí, por mais que Silas faça um pouco de mistério, não tem segredos. Estrada, Marquinhos Gabriel e Rafael Coelho são outras possibilidades para o time titular, todos já velhos conhecidos, então mesmo que apareçam na escalação de início de jogo não serão grandes surpresas.

Se tivermos a mesma atitude dos jogos anteriores da Copa do Brasil temos tudo para fazer uma grande festa na Ressacada.

A lotação está garantida, a motivação do torcedor é total, vamos empurrar o Leão para a grande fina. Vai pra cima deles Leão!!!

Foto: Alexandre Loureiro - Fotocom

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.