sexta-feira, 27 de maio de 2011

É bola pra frente

Copa do Brasil já é passado, agora é focarmos com todas as forças no Brasileirão. Vamos receber o Atlético-MG amanhã. O time mineiro arrancou com tudo na estreia, vencendo com categóricos 3x0 a equipe do Atlético-PR.

É um jogo perigosíssimo e não podemos nos dar ao luxo de estabelecer um abatimento por causa da eliminação na Copa do Brasil.

Brasileirão é outro campeonato, com jogos dificílimos e com jogos muito equilibrados. Temos que colocar em campo força máxima e principalmente, os jogadores que estiverem mais dispostos neste momento.

Quero dizer com isso que a turma que parecer desanimada e sonolenta deve ganhar um par de ingressos para ir ao cinema com a esposa/namorada e deixar entrar em campo só quem está a fim de dar o sangue pelo Avaí.

Espero que Silas tenha esta percepção.

3 comentários:

  1. PESSOAL DA ELITE - VEJAM A NOTA -O INVENTOR- NA COLUNA DO SERGIO DA C.RAMOS DE HOJE 27.05.11 NO D.C. - PG. 53. VOCÊS DEVEM REPRODUZIR. É OBRIGAÇÃO. UM ABRAÇO,

    RICA.

    ResponderExcluir
  2. No sábado é possível que o Silas escale bem o time, ele só amarela nas decisões, mesmo que seja contra a Chapecoense.
    Onde anda o René Simões.

    ResponderExcluir
  3. A Copa do Brasil é um passado, mas é muito recente, tanto que a gente ainda sente a eliminação daquela maneira, com um time mal escalado, batido já antes de entrar em campo.
    Uma boa sugestão é: O Revson deve ser escalado como centroavante, porque se não fizer gol a favor, certamente, não fará contra.
    Outra boa sugestão é: Contratar mais um técnico, que deverá assumir o comando do time somente nas decisões.
    Outra boa sugestão é: Fazer uma limpezinha básica, mandar alguns embora e emprestar outros. A título de ajuda, posso citar: Rafael Coelho, Evando, Maurício Alves, Pará, Arturo, Robinho e alguns outros que eu tenha esquecido.
    Outra boa sugestão é: Não esquecer de contratar alguns jogadores de melhor nível técnico pra substituir os descartados.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.