segunda-feira, 30 de maio de 2011

Não é a situação que desejo

Já temos a imprensa, vindo pra cima do Avaí que nem urubu na carniça. Sei que é hora de unirmos forças pra coisa não descambar ainda mais.

Mas também é hora de cobrar, colocar o dedo na ferida para que as coisas aconteçam. Erramos no planejamento de início de ano. Fomos muito mal no Catarinense e fomos muito bem na Copa do Brasil.

Agora não podemos errar mais. Seja em contratações, seja na questão dos ingressos, seja na saída de jogadores.

A casa tem que ser ajeitada esta semana, todos tem que arregaçar as mangas, a Diretoria tem que ouvir quem entende, deixar um pouco a soberba de lado e abrir os olhos, pois vamos completar um ano dando murro em ponta de faca.

A chegada de Pedro Ken mostra que estão trabalhando, mas é muito pouco, temos que agilizar.

Acorda Zunino!

2 comentários:

  1. Esse Pedro Ken, eu conheço muito pouco, porque ele apareceu um pouco jogando pelo Coritiba e depois sumiu do mapa.
    Em princípio, me parece que não é o jogador pra substituir o Marquinhos, a menos que se tenha por base o Marquinhos 2011.
    Aquele Gilberto, do Marcílio, bom volante, boa saída de bola, jogou contra nós pelo Atlético, não sei se já era do Atlético e estava emprestado, mas eu escrevi, mais de uma vez, que o Avai deveria ter tentado contratar.
    Talvez haja mesmo esse sono grandioso na nossa diretoria.

    ResponderExcluir
  2. Uma coisinha de cada vez.

    Melhorando alguns aspectos basicos como o clima de mortidão profunda no estadio, trazendo devolta a empatia clube / torcida já é um bom começo para as coisas melhorarem.

    O Avaí entra em campo em uma Ressacada morta, vazia, elitizada, nosso estadio virou campo neutro para os adversários.

    Este jogo com o Atlético foi uma extensão podre e medíocre dos jogos do Brasileiro de 2010 pré-resto-de feira.

    Estadio cheio ajuda a pressionar o juiz, intimida o adversário, é necessário trazer devolta isso para a Ressacada.

    Questão time se ajeita, mas quando as coisas começam mau já do lado de fora fica ainda mais dificil. Começo a pensar que é bom frequentar a ZR logo neste começo, pois quem sabe assim deixam de ser retardados mentais, e abaixam estes valores abusivos que afastam o verdadeiro torcedor do estadio.

    Ver o Avaí entrando em campo no sábado para meia duzia de gatos pingados elitizados e clarões azul de cadeiras azul-piscina atrás, me deu nojo, e uma saudade tremenda daquilo que eu achava ser a fase ruim do clube.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.