sexta-feira, 27 de maio de 2011

O inventor - por Sérgio da Costa Ramos

Se o técnico Silas fosse prefeito da cidade americana de Joplin, no Missouri, e lhe chegasse a previsão de um tornado arrasador, capaz de destruir a “área” em quatro minutos, ele teria mandado colocar mais uma tranca em cada porta, ao invés de optar pela evacuação. Por ter a mania de “fechar” tudo, juntando peças improvisadas dentro da própria área, o técnico jogou a Copa do Brasil pelo ralo em quatro minutos. Com um brilhante “esquema 10-1”, um volante fazendo as vezes de zagueiro-artilheiro (dois gols contra em três jogos), um lateral-esquerdo na direita e um artilheiro (a favor) sentado no banco, Silas ganhou o troféu Thomas Edison.

O inventor da lâmpada. Acabou vítima de seu próprio “apagão”.

2 comentários:

  1. Perfeito! O brilhante Avaiano Sergio da Costa Ramos é leitura obrigatorio. Quando compro aquele jornal anti Santa Catarina e anti Avai, Sergio e Cacau são leitura obrigatoria. Se voce der 11 camisas a uma criança de dois anos para ela distribuir, pode ter certeza ela fara o mesmo que Silas e sem cobrar nada por isso. Simplesmente distribuira entre seus amigos. Esquema tatico? Cada um que se vire como pode. Mas bem que os bocudos, Marquinhos e Willian podiam jogar um pouquinho mais. Passou, prepare seu coraçao. O primeiro passo é nao voltar a dar vexame e ter vergonha na cara e tirarem o Avai do buraco que se meteu. Folga para fazer aquele papelão. Francanmente!

    ResponderExcluir
  2. Não tenho nada contra a pessoa. Mas, não gosto de Silas como técnico e quero bem longe do Avai. Perdemos a oportunidade de contratar René Simões e Geninho, agora temos que aturar Silas e suas invenções. Se voce der 11 camisas a uma criança e pedir para ela distribuir, ela fara igual a Silas. Distribuira entre amigos. Esquema tatico? Isso é para quem entende. Nnguem merece!

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.