domingo, 22 de maio de 2011

Para as projeções muda pouco

Dormi mal esta noite, ser goleado na estreia do Brasileirão incomoda, apesar as circunstâncias que vivemos.

Quando se inicia um campeonato como o Brasileirão, diretoria e comissão técnica se reúnem e projetam o campeonato todo, baseado na tabela.

Jogar com o Flamengo no Rio, tendo o time carioca como um dos favoritos pelo título carioca invicto, pode ser projetado como um possível derrota ou empate. Perdemos, dentro do que se projetava, então vamos seguir em frente.

O que temos que ter consciência é aquilo que escrevi ontem, o elenco para a Copa do Brasil mostra-se muito bom, para um campeonato de 38 rodadas tem que seguir avaliando. Os que tem jogado na Copa do Brasil tem-se mostrado jogadores vibrantes, os que tem entrado por agora estão em outro patamar.

Não podemos avaliar o Fábio Santos ontem, por exemplo, quero vê-lo ao lado de William, com Marquinhos lançando-o e etc.

Mas Robinho já entrou 4 vezes desde que chegou, entra cansado, sem vibração, sem tesão, lembra o Robinho do ano passado.

Nenhum dos dois foi culpado pela derrota de ontem mas precisamos mais dos jogadores que por enquanto são reservas.

Estou bem preocupado com o jogo da semana que vem contra o Galo, nas "projeções" são três pontos na tabela, não podemos demorar a vencer como nos 2 anos anteriores, haja coração!

Sei que a maratona de jogos está exaurindo o elenco, que ontem tivemos que poupar vários jogadores, até mesmo durante a partida, mas o futebol brasileiro é assim mesmo, 2 jogos por semana, ruim é não ter campeonato pra jogar.

2 comentários:

  1. Isso de maratona é bobagem. Total bobagem. Este elenco ficou 2 finais de semana sem jogar.

    ResponderExcluir
  2. Concordo que o elenco tem que ser melhorado, o brasileirão não é qualquer coisa, precisamos de reservas à altura dos titulares.
    A diretoria tem que procurar alternativas, enquanto há condições de contratar jogadores de bom nível.
    Só para exemplificar, não sei o que fazem no Avai, o Felipe, o Maurício Alves, o Evando, o Robinho, o Arturo, o Pará.
    Até o Rafael Coelho que já marcou alguns gols com a camisa do Avai é de utilidade discutível, pelos gols que perde e pela má colocação na área.
    Pelo que se paga pra esses jogadores, daria pra trazer dois bons.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.