segunda-feira, 13 de junho de 2011

Fechando o cerco...

Li há pouco, no site do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que cambistas foram flagrados durante o jogo Avaí x América-MG e agora terão que se apresentar nos próximos 10 jogos do Avaí na Ressacada à Central de Polícia.

Além  dessa obrigação que se estenderá por meses, esses indivíduos tiveram um grande prejuízo, pois não conseguiram vender um ingresso sequer (isso eu deduzo pelo fraco público da Ressacada sábado).

Segue a notícia do TJSC:

"CAMBISTAS FLAGRADOS NA RESSACADA VÃO SE ACERTAR NO JUSTIÇA PRESENTE

A Unidade Judiciária do Justiça Presente registrou neste sábado (11/6) dois flagrantes durante a partida do Avaí contra o América Mineiro, na Ressacada. Paulo Rosa Júnior tinha cinco ingressos e Cláudio Vieira, outros 15, quando foram abordados por policiais militares após denúncia de que agiam como cambistas. Gilson João Ribeiro também foi flagrado, porém não tinha ingressos em seu poder e foi advertido para que não atue mais como cambista.

O juiz Sancler Adilson Alves acolheu a transação penal proposta pelo Ministério Público e aceita por Paulo e Cláudio. Assim, eles ficarão impedidos de assistir aos próximos 10 jogos em que o Avaí tem mando de campo, com início em 26/6, na partida contra o Fluminense, e término em 18/9, no jogo contra o Palmeiras. Eles terão que se apresentar à Central de Polícia da Capital uma hora antes do início dos jogos. Os processos foram encaminhados ao Juizado Especial da Capital."

Fonte: http://app.tjsc.jus.br

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.