domingo, 19 de junho de 2011

Foi só 5, e mais um vexame...

Nos abracemos e rezemos. Não foi "4 vira, 8 ganha". Do time que entrou em campo espero que permaneçam poucos na Ressacada. A fragilidade da defesa avaiana ficou mais do que na cara novamente.

Mais uma vez jogamos com um volante improsivado na zaga (estamos no 6º mês do ano e não se arruma isso) e com uma proteção de zaga lenta, sem explosão, com Acleisson e Marcinho Guerreiro. Um buraco nas costas de cada lateral e uma falta de categoria para armar o jogo e também de definir os lances de gol.

Em termos táticos nem dá para culpar Gallo ainda, hoje ele conheceu um pouco mais dos seus jogadores e não deve cometer mais erros em escalar determinados atletas. Nem quero colocar a culpa neste ou naquele jogador em respeito a pessoa deles, afinal são pais de família também.

A torcida tem que receber satisfações com contratações e principalmente dispensas, já recebi as primeiras manifestações do tipo "se fulano continuar vestindo nossa camisa não vou mais à Ressacada e cancelarei minha associação".

É isso, alguém repreende qualquer tipo de manifestação do torcedor neste momento?

16 comentários:

  1. Rogerio, Julinho é um que so faz firulas. Não sei como alguem ainda diz se interessar por ele. Irresponsavel!! Ele o Jorge Lucas hoje decretaram a derrota em 28 minutos!!

    ResponderExcluir
  2. Está na hora de fazer um apelo para a diretoria do Avaí impedir que os jogadores entrem com a bandeira de Santa Catarina. Eles estão envergonhando nosso estado.

    ResponderExcluir
  3. NADA DE NOVO, APENAS CONSTATAÇÕES E CONFIRMAÇÕES, neste jogo no Canindé. O elenco, estes jogadores não enganam ninguém. Não vai demorar muito pro Gallo também conhecer essas ínguas que estão aí.
    Aliás, minto, temos uma novidade: uma humilhação que ainda não tínhamos passado; um vexame inacreditável.
    Era quase uma unanimidade – não se exigia vitória, nem atuação impecável, não se pugnava por nada disso, o que se queria era tão somente vergonha na cara, um esboço de padrão de jogo, nada muito complexo, apenas algo que se pudesse chamar de time. Não se viu nada disso, muito menos se viu honrarem a cueca que vestem, que deve estar toda borrada.
    Não é querer jogar gasolina na fogueira ou tumultuar o já tumultuado ambiente, mas é hora de considerações. Mas neste momento, por quê? Porque esta é a hora de mudança, meu amigo, caso contrário daqui a algumas rodadas estaremos numa lama que nem com guindaste para gente sair.
    Caça às bruxas? Nem pensar, muito pelo contrário, a questão é de lucidez e personalidade, pra dar um soco na mesa na hora certa, enquanto dá tempo ainda.
    Calma nas análises? Estão tendo calma há seis meses e ainda não acharam o rumo. Tem-se 40 jogadores e a maioria não serve nem pra limpar banheiro na Ressacada. Quando que vão fazer uma limpa no elenco, mandar embora estes caras que incham a folha do Avaí e não dão nenhuma contribuição? A gente é que socializa os custos da night desses vagabundos, o passeio na praia, a roupinha de marca, e a gelada e o rango que tão deixando estes sem-vergonhas com uma barriga maior que a do Faustão antes da cirurgia.
    Acleisson é jogador pra A3 do Paulistão;
    Marquinhos Gabriel? (Pelamordedeus, o que esse cara tá fazendo aqui ainda? Nem na pelada no society é escolhido – jogador morto, sem vontade, que só passa apatia, preguiça, desânimo aos companheiros de time);
    Julinho, bom jogador, razoável, mas acha que é craque, está fominha, egoísta, exibido e erra todas as jogadas;
    Cássio tem que esquentar banco até o fim da temporada, depois que saiu daqui nunca mais jogou nada;
    Olha, dos outros que jogaram hoje tem muito que se falar também, mas a saliva tá acabando.
    Sobre os que jogam de vez em quando, que estão lá em Florianópolis, ou uns que foram pro banco hoje também, não vou nem comentar. Dá ânsia de vômito.
    É a hora da União , mas é hora de alguém DAR UM SOCO NA MESA. Só tem bonzinho no A.R.S. Só tem mãezinha lá! Saudade do Moisés Cândido.

    ResponderExcluir
  4. Não vamos nos iludir. Quem for da LA não vai embora. Essa tal lista de dispensas do Gallo não vai ter ninguém que jogou hoje. Vai ser Arturo e cia.

    Esse futebol de hoje e das outras 4 rodadas anteriores é o mesmo que o time vinha jogando desde o começo do ano, inclusive com o Vagner Benazzi. O problema são os jogadores, muito fracos.

    O Avai parece um emaranhado em campo, sem desenho tático. Parece uma escolinha de várzea, todo mundo correndo atrás da bola sem posição definida.

    Aquela partida com o São Paulo mascarou muita coisa. Quem tem memória vai lembrar que, tirando aquele jogo, foram poucas as partidas que o Avaí jogou bem. Desde o começo do ano é a mesma coisa: time todo atrás dando chutão pra frente. Contra Brusque, Concórdia, Imbituba até dá pra enganar, mas quando o adversário tem qualidade leva ferro.

    Agora é difícil. Como o Rogério bem disse no post anterior, arrumar o time com o campeonato rolando é sempre mais difícil. Domingo que vem tem o Fluminense, com Abel pressionado e tudo mais.

    Agora voltou o "parceiro" do clube, novamente. Já chegou trazendo um gerente de futebol passando por cima do Mauro Galvão. Tudo bem que o Mauro é meio sem pulso, mas então manda embora. Tê-lo ali como fantoche é inútil.

    LA deixou o Coxa de lado porque lá não o deixaram dar as cartas. já aqui ele manda e desmanda. Deus nos ajude.

    ResponderExcluir
  5. É muita harvard, muita consultoria, muito planejamento estratégico, muito business inteligence... calma pessoal, sem pelo em ovo, eles sabem o que fazem...

    ResponderExcluir
  6. Heverton Teodosio19 de junho de 2011 20:35

    Ser rebaixado já é maior projeto do clube, soh espero que não seja o saco de pancada de todos. "Ah próximo jogo é contra o Avai, então vamos fazer saldo de gol."

    ResponderExcluir
  7. É claro que não tinha como dar certo... Entrar em campo com apenas 1 zagueiro (o outro estava improvisado), num esquema suicida, jogando fora de casa e treinando com um time e jogando com outro (o Galo não sabia das condições de jogo do Daniel e do Rafael Coelho?? Tem alguma coisa errada nesse time...) Me parece claro que a coisa começa com o presidente com mentalidade de time de 2ª divisão, deixando o seu filho mandar (laia-se fazer merd.) e os outros forasteiros que lá se encontram. Um planejamento ridículo, entregando os melhores jogadores por qualquer merreca e sem contratar alguém para suprir.
    Jogadores que não tem condições de vestir a camisa do Avai:
    23 — Aleks (H O R R Ì V E L !!! É pior que o Martine, não fez uma defesa magnífica em 3 partidas, só pega bola atrasada e em 50% dos gols já estava no chão antes do atacante adversário chutar, repito: HORRÍVEL!!!)
    5 — Marcinho Guerreiro (JÁ ERA)
    6 — Romano (PUTZ)
    8 — Acleisson (LENTO)
    10 — Dinelson (SEM COMENTÁRIOS 3 ANOS DE CLUBE E... NADA E AINDA GANHA A 10 DO ZUNINO)
    14 — Gustavo (QUÊ?)
    16 — Pará (SEM CHANCE)
    17 — Maurício Alves (MUITA CHANCE)
    19 — Arthuro (MUITO RUÍM)
    24 — Johnny Dias (QUEM?)
    25 — Felipe (MUITA CHANCE, NENHUM FUTEBOL)
    26 — Julinho (NÃO PASSA UMA BOLA DE PRIMEIRA, SÓ FAZ FIRULA, VENDE ESSA MERD.)
    29 — George Lucas (FRACO)
    31 — Revson (ARTILHEIRO!!! PUTZ)
    34 — Cássio (LENTO E RUÍM NA BOLA AÉREA)
    38 — Marquinhos Gabriel (FRACO)
    42 — Peu (É DA BASE... ENTÃO DESCONFIE...)
    44 — Gustavo Bastos (FALA MUITO... JOGA POUCO...)
    47 — Fábio Santos (HORRÍVEL!!)
    48 — Rodinei (É DA BASE... ENTÃO DESCONFIE)

    ResponderExcluir
  8. Está mais do que COMPROVADO que FALTA QUALIDADE nesse elenco do Avaí. Ou contratam BONS jogadores ou é queda certa.

    Bruno, joga uma ou outra partida bem (no seu limite máximo) e depois volta ao normal, muito irregular . FRACO.

    Acleisson, coitado, mal serve pra série B e estão insistindo com ele pra jogar uma série A. FRAQUÍSSIMO.

    Robinho, nem deveria ter voltado. FRAQUÍSSIMO

    Marcos Gabriel, pensa que é o Maradona, que sabe se jogar o amador consiga algum destaque. FRACO.

    Rafael Coelho. FRACO, jogador de série B e olhe lá.

    Romano, Arturo, Fabiano, Revson, Pará, Gustavo, Felipe, Maurício Alves e o eterno chinelinho Dinelson já deviam ter ido embora junto com A CACALHADA acima, logo depois do fracassado estadual.

    Fabio Santos, dizem que era “disputado” e veio pro Avaí. Fez dez gols esse ano... e os outros anos, foi artilheiro e fez quantos gols???? A “disputa” deve ter sido com algum time da série C ou D, pois, pro Avaí só vem o que não for caro e outro time da A, ou até B, não queira... FRACO

    Marcinho Guerreiro, tá MUITO MAL, acho que já não agüenta o tranco de uma temporada inteira, no máximo para o banco e jogar vez ou outra.

    Julinho, tem que tirar o salto 15, baixar a bolinha. É nítida sua má vontade.

    Cássio é um zagueiro baixo, de pouca impulsão e fraco na bola aérea. Somente se destacou quando teve um BOM zagueiro ao seu lado. Pra compor e não pra ser titular.

    Para um time, ao menos decente, para disputar a série A, o que sobra?????????????

    CHEGA DE APOSTAS E REFUGOS!
    CHEGA DE "SOCIALIZAR DESPESAS" COM TANTOS JOGADORES RUINS.
    CHEGA DE "DAR TEMPO", AGUARDAR.
    CHEGA DE "PASSAR A MÃO NA CABEÇA"
    CHEGA DE INCOMPETÊNCIA!

    É HORA DE AGIR, E RÁPIDO!

    É HORA DE MOSTRAR O QUE QUEREM E O QUE FAZEM ALGUNS DIRETORES, DIRIGENTES, AINDA QUE OCULTOS,NA RESSACADA!

    É HORA DE CHAMAR A TORCIDA NOVAMENTE, QUE FOI "CHUTADA" EM 2010, E MAIZ UMA VEZ EM 2011, PRA "JOGAR" JUNTO.
    ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS...

    ResponderExcluir
  9. Pessoal, vamos fazer a coisa diferente, vamos sair amanhã, segunda-feira com a camisa do Leão para mostrar que somos capazes de fazer a diferença. Quem topa, eu vou de camisa!

    ResponderExcluir
  10. É claro que não tinha como dar certo... Entrar em campo com apenas 1 zagueiro (o outro estava improvisado), num esquema suicida, jogando fora de casa e treinando com um time e jogando com outro (o Galo não sabia das condições de jogo do Daniel e do Rafael Coelho?? Tem alguma coisa errada nesse time...) Me parece claro que a coisa começa com o presidente com mentalidade de time de 2ª divisão, deixando o seu filho mandar (laia-se fazer merd.) e os outros forasteiros que lá se encontram. Um planejamento ridículo, entregando os melhores jogadores por qualquer merreca e sem contratar alguém para suprir.
    Jogadores que não tem condições de vestir a camisa do Avai:
    23 — Aleks (H O R R Ì V E L !!! É pior que o Martine, não fez uma defesa magnífica em 3 partidas, só pega bola atrasada e em 50% dos gols já estava no chão antes do atacante adversário chutar, repito: HORRÍVEL!!!)
    5 — Marcinho Guerreiro (JÁ ERA)
    6 — Romano (PUTZ)
    8 — Acleisson (LENTO)
    10 — Dinelson (SEM COMENTÁRIOS 3 ANOS DE CLUBE E... NADA E AINDA GANHA A 10 DO ZUNINO)
    14 — Gustavo (QUÊ?)
    16 — Pará (SEM CHANCE)
    17 — Maurício Alves (MUITA CHANCE)
    19 — Arthuro (MUITO RUÍM)
    24 — Johnny Dias (QUEM?)
    25 — Felipe (MUITA CHANCE, NENHUM FUTEBOL)
    26 — Julinho (NÃO PASSA UMA BOLA DE PRIMEIRA, SÓ FAZ FIRULA, VENDE ESSA MERD.)
    29 — George Lucas (FRACO)
    31 — Revson (ARTILHEIRO!!! PUTZ)
    34 — Cássio (LENTO E RUÍM NA BOLA AÉREA)
    38 — Marquinhos Gabriel (FRACO)
    42 — Peu (É DA BASE... ENTÃO DESCONFIE...)
    44 — Gustavo Bastos (FALA MUITO... JOGA POUCO...)
    47 — Fábio Santos (HORRÍVEL!!)
    48 — Rodinei (É DA BASE... ENTÃO DESCONFIE)

    ResponderExcluir
  11. Não temos preparo físico, adversários saem atrás e chegam na frente, George Lucas corre "remando" com os braços. Marcinho Guerreiro parece estar no bagaço. O time, como um todo não se impõe. Nosso preparador físico, Emerson Buck, precisa ser cobrado, que nos desculpe, mas não podemos tapar o sol com a peneira. Se jogadores não se cuidam, que entregue os nomes.
    Esperavamos no mínimo muita raça, e vimos um bando de privilegiados espectadores a ver dentro do campo jogar o adversário. E vimos Julinho, além do futebol inofensivo, tirar irresponsávelmente o corpo da bola, deixando-a passar para a pequena área, no primeiro gol.
    É preciso depurar, cortar na carne, cobrar.
    Olha, não faciltemos, repito, três catarinenses na primeira divisão? Vão esperando... - Roberto Costa

    ResponderExcluir
  12. O JEITO E IR NA SECRETARIA E DESASOCIAR. NAO AQUENDO MAIS ESTA PALHAÇADA

    ResponderExcluir
  13. Enquanto o do lado de lá da ponte navega em águas tranquilas, com 10 pontos em 15 disputados, com um time certinho, e está atrás do Elias, jogador de destaque no Brasileirão do ano passado, nós estamos com 1 ponto, fruto de um empate conseguido aos 47 minutos do segundo tempo contra o América Mineiro em plena Ressacada, estamos com um time MEDÍOCRE e nossos dirigentes acreditam que nossa recuperação virá com REFUGOS como Misael (nunca entra no Vasco), Marcos Paulo (banco do Coritiba), Welton Felipe (nunca entra no Atlético Mineiro), e por aí vai. Isso é que é planejamento! Isso é que é saber montar time! Foi só mandarem o Luiz Alberto passear que o Avaí retrocedeu dez anos. Esse time está me lembrando aquela época em que o Zunino achava que entendia de futebol e contratou Jessé, Fábio Nunes, Johann e cia. ltda. Meu Deus do Céu, que time horroroso, sem vontade, sem brio, sem vergonha na cara, sem nada!!! Socorro!!! Espero que o Luiz Alberto comece a agir de vez, espero que ainda tenha material de qualidade no mercado, espero que as nabas dos nossos dirigentes acordem para o fato de que eles não entendem nada de futebol e que abram o cofre para que o Luiz Alberto possa trazer jogadores para resolver e não para inchar ainda mais a folha de pagamento do Avaí.

    Saudações Azurras!

    ResponderExcluir
  14. Dá pena do que estão fazendo com o Avaí. Isso aí não é time, é uma cambada. Veja o espelho do tal planejamento da diretoria: a recontratação do cracasso Robinho e a camisa 10 do Dinelson. Estão todos cegos lá dentro, só pode.

    ResponderExcluir
  15. É, tá triste, e não há um só problema, mas um caminhão deles.
    Temos que ter melhor preparo físico, temos que contratar jogadores mais responsáveis, mais ligados na profissão que escolheram; precisamos de jogadores de boa qualidade e que queiram jogar.
    Precisamos de alguém que mande dentro do clube.
    Não temos defesa, nem meio de campo e nem ataque.
    Como enfrentar times de Série A com esse bando de pernetas?
    O pior é que temos que começar tudo de novo, com o campeonato em andamento e na lanterna.
    A cada derrota ficam maiores as dificuldades pra gente sair dessa posição na tabela.
    Acorda de novo Zunino!

    ResponderExcluir
  16. Não é preciso nem falar nada os comentários acima retratam a insatisfação do torcedor. Falar qualquer coisa a favor da diretoria é defender o indefensável. Não tenho nem ânimo para falar de Avaí.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.