quinta-feira, 16 de junho de 2011

Lições que aprendemos da pior forma

O desfalque de Rafael Coelho em função, ainda, do julgamento do longinquo jogo contra o Botafogo pela Copa do Brasil, é uma daquelas lições para não esquecer mais.

Espero que os jogadores tomem como lição, que um ato impensado, independentemente da motivação, pode ter consequências futuras. Mais uma vez não contaremos com um jogador em função de uma suspensão.

Já ficamos sem Marquinhos, sem Bruno e sem o próprio Coelho em outras oportunidades. Vida que segue, mas que é uma m... bem grande este tipo de coisa, ô, se é!

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.