terça-feira, 7 de junho de 2011

A solução que vem das "Arábias"

Esta proposta de um clube das "Arábias" pelo técnico Silas pode ajeitar a casa avaiana. O treinador, que aparentemente havia achado uma forma de jogar, trocou os pés pelas mãos nos últimos jogos e desmontou o time novamente.

É visível que Silas perdeu suas convicções e não está mais sabendo montar o time avaiano. Ele tem peças para isso? Talvez, sabemos que temos deficiências, mas também não temos time para ser lanterna do Brasileiro.

Um jogo contra o Flamengo com time "B" e outro com o Atlético-MG com desfalques e com Marquinhos pensando no Grêmio. Depois mais um na Vila Belmiro contra o time do Santos. Não eram adversários fáceis, eu sei, mas também não dá para ficar no discurso de "resultados normais" pois então quando vencermos os grandes trataremos como "aborto da natureza".

O futebol está nivelado, e é por baixo, não justifica termos uma campanha tão ruim. Mas voltando a provável saída de Silas, esta, só terá um bom reflexo para o grupo avaiano se trouxermos um treinador que conheça o Brasileirão, que seja um cara que não passe de mero motivador e que entenda nosso desejo de permanecer na Série A sem se acovardar com os adversários.

O nome do treinador? Não sei, a turma que é paga para viver de futebol é quem deve ter este nome prontinho em caso de saída de Silas.

Um comentário:

  1. Rogério

    Seguindo o que comentei em outras oportunidades, o fracasso do AVAÍ neste início de campeonato não pode ser debitado somente na conta do Silas. Até concordo que esteja um pouco perdido na montagem da equipe, na escolha do sistema e na análise que vem fazendo a respeito dos nossos últimos resultados. Porém, na minha avaliação, a direção do AVAÍ é a grande responsável pela situação atual. O planejamento do futebol foi um horror, nosso grupo é fraco e as contratações que estão chegando não me dão qualquer esperança.
    O clubes considerados grandes estão cada vez mais se estruturando e com mais dinheiro, a tendência é a distância aumentar. Clube pequeno tem que ser organizado e planejar muito bem o seu ano, desde o início.

    Saudações AVAIANAS

    Paulo Portella

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.