quarta-feira, 20 de julho de 2011

Estou decepcionado

Peço que me deixem falar de peito aberto, sem picuinhas, sem revanchismos e leiam com cuidado o que vou colocar nesta postagem.

Fui dormir ontem antes de saber o resultado da reunião do Conselho Deliberativo do Avaí na questão dos novos valores de mensalidades e ingressos. Queria fazer uma postagem sobre o assunto, já com os números nas mãos.

Dormir, neste caso é mera figura de linguagem. Dormi mal, o assunto ficou martelando na minha cabeça, acordei hoje com sono pela noite agitada e mal dormida em decorrência deste assunto que incomoda a todos os avaianos desde janeiro de 2010.

Primeiro ponto: não prometa o que você não pode cumprir. Então dizer que "uma decisão acerca do novo valor de ingressos e mensalidades será apresentada antes do jogo com o Internacional" e isso não acontecer, é dar o pé pra pegar.

É pedir para o torcedor dar seu apoio "meia boca" no próximo jogo, criar um clima ruim, e no primeiro passe errado escutar as vaias. Porque o torcedor não consegue separar as coisas.

Segundo ponto: estamos num momento em que os avaianos mais conscientes fazem campanha para unir a todos. Esta campanha aliás começou após a vexatória derrota contra o Palmeiras, num momento ruim e de grande incerteza, numa atitude que demonstra a grandeza do torcedor avaiano.

Terceiro ponto: parece que a diretoria ainda não acertou o time (lê-se "taime")de encaminhamento de algumas questões para o Conselho Deliberativo. Ora, se havia prometido as alterações para o jogo contra o Inter, teria que ter enviado ao Conselho a tempo de incluir no Edital de Convocação (e não foi a primeira vez, né?...). Aliás, embora eu não entenda muito do assunto, mas se for para baixar mensalidade o Conselho não tem que se manifestar.

Quarto ponto: O Avaí perde mais uma grande oportunidade de trazer o torcedor de volta ao estádio. Tudo em decorrência de um “cálculo” realizado em janeiro de 2010, apontado pela imprensa e pelos torcedores como um grande erro e que, de maneira impressionante, o Avai não consegue apagar ou explicar. (Isso é incontestável: leio no blog da Kátia de Paula que o número de sócios adimplentes hoje é em torno de 6.400 mil – ora, sempre tivemos média de 9.000 mil, mesmo nos momentos de baixa). E já alerto que os novos valores não deverão ser de grande impacto, pois a questão é mais complexa do que simplesmente dar um canetaço. Não, não sei os valores ainda, mas não mudará muita coisa.

E quando estes valores forem aprovados pelo Conselho e divulgados, serão bem explicados, mas espero que a torcida se interesse por elas, pois se isto não ocorrer, o clube continuará sendo acusado do cometimento de um erro em de janeiro de 2010, até hoje não explicado, até hoje não apagado, até hoje esvaziando nosso estádio.

Era isso, meu sentimento está explicitado no título da postagem.

12 comentários:

  1. É muito óbvio isso. A obviedade desse erro ultrapassa qualquer margem. Em 2009, com os antigos valores, o Avaí terminou o ano com superávit. Não há desculpas. Há motivos não revelados para estas decisões. Lembro muito bem quando comentava "amanhã faremos um calderão". O que esperar amanhã? Nem o "uh avaeee" após um gol tem a mesma força de antes. O pior te tudo isso é aquela clima maravilhoso da ressacada já era. Somos espectadores e não torcedores. Culpa total da Diretoria. Só nos resta lamentar.
    Abs

    ResponderExcluir
  2. Agora sim! Ficamos de bem de novo! E continuo exigindo um posicionamento da diretoria com relação aos sócios antes do jogo de amanhã!

    ResponderExcluir
  3. Rogério, no Bordero do Clássico Avaí x Figueirense em 2011 deram como sócio 9.252 sócios.

    Como explicar isso?

    Perdemos 3mil sócios do catarinense para o brasileiro?

    kakakaka.. tem muita coisa mal explicada nesse clube!

    De um apaixonado torcedor, essa diretoria ta me fazendo desgostar de ir aos jogos, ser aquele torcedor que ama demais o clube...

    tao acabando com tudo isso, e tenho certeza que nao sou o unico!

    por varias e varias vezes penso em cancelar a carteirinha do clube..

    pago a sociedade pra ir a 1 jogo no mes (pois nao posso ir em todos mais nao deixo de pagar pra ajudar..)

    FORA ESSA DIRETORIA!

    ResponderExcluir
  4. Mancada das grandes, realmente...
    Achei que depois da leitura da ata anterior, este seria o primeiro assunto da reunião.
    Mas pelo jeito eles têm um bom plano pra pagar os R$8mi pro Dr. Zunino e a torcida de volta no Monumental não está incluída nessa conta.

    ResponderExcluir
  5. Rogério, desculpa mas só você pra agreditar que seria tomado alguma decisão sobre valor dos ingressos e taxa de sócios. Eu, ja tomei minha decisão não pago nem a minha nem a dos meus 2 filhos, tenho uma economia de R$240,00 por mes. Agora futebol pela TV. "Não me incomodo e não dou crédito pra esse bando de BURROS"

    ResponderExcluir
  6. Rogério, concordo contigo. A diretoria perdeu o time, não constava no edital de convocação o assunto mensalidades. Eu não sabia que isso seria tratado nessa reunião. Esse item foi pedido para ser acrescido em assuntos gerais.
    A reunião se prolongou. Quando cheguei em casa é que vi que o site do Avaí já havia publicado que o Conselho deliberaria sobre esse assunto. Se eu soubesse que o site já tinha criado essa expectativa no nosso torcedor, jamais sairia da reunião sem tratar desse assunto.

    ResponderExcluir
  7. Muito bom teu post!! Assino embaixo e compartilho de toda tua decepção...

    ESTAMOS SENDO FEITOS DE PALHAÇOS!!!

    Se o número de clientes diminuisse 50% em dois anos na empresa do Zunino ele certamete já teria tomado providências ha muito tempo. Isso prova que o Avai pra ele (Zunino) virou uma espécie de "rede social" que ele usa para se manter na mídia e acumular pretígio para ele e seu anexo (filho). Sua contribuição já foi dada, é hora de termos um presidente de série A, que pense grande e não fique perdendo jogadores para times da série B, ou ter seu filho de conluio com o Julinho prejudicando o Avai e fazendo os torcedores de palhaços, onde o jogador fingia que estava machucado enquanto negociava com o Vasco com o Aval do presidente a fim de enriquecer seu filho.

    BASTA! Essa diretoria está afastando os torcedores do AVAI da ressacada. Não esqueçam: O AVAI É MUITO MAIOR QUE A SUA DIRETORIA!!!

    ResponderExcluir
  8. esse "Anônimo" que tá aí sou eu GiSevero, desculpe!

    ResponderExcluir
  9. Se tivesse perdido para o Atlético, teriam agilizado as coisas. Ao invés de votar camisa para conselheiros e churrasco, com certeza resolveriam a questão dos ingressos.
    Preferem que 2.000 paguem 50 do que 4.000 pague 25.

    Rafael Simão

    ResponderExcluir
  10. Essa semana deixei meu coração de lado, fui na ressacada e cancelei minha mensalidade de mais de 5 anos. Vi que o meu amor pelo avai não era recompensado pela diretoria, pois muitas veses (como esse ano direto) pagava a mensalidade e nem ao jogos ia, sempre com o intuito de ajudar o time do coração...pensei sobre os outros torcedores que tem uma deflação nos ingressos e no meu boleto o preço é sempre o mesmo, pensei no Marcinho Guerreiro, nosso melhor jogador sendo transferido para o goias, pensei no enfraquecimento do time nesse ano. Isso tudo me fez pensar, e descançar um pouco. Torcedor que pega frio e chuva não merece esse descaso. Vou descançar e quem sabe ano que vem eu volte. Se não me acostumar com o sofá quentinho da minha casa.

    ResponderExcluir
  11. Concordo com tudo, menos com essa afirmação do Rafael Simão de que temos 4.000 para pagar 25, o que seria melhor que 2.000 pagando 50. Infelizmente temos um grande impeditivo chamado: acesso à Ressacada. Pode baixr o que quiser os ingressos que não passa de 9.000.

    ResponderExcluir
  12. Então, anônimo, me explica como em 2010 a MÉDIA de público na Ressacada foi 10.000? Só sendo TANSO para não ACORDAR.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.