quinta-feira, 14 de julho de 2011

Mais novidades?

Lúcio Flávio? Caíque do Vasco? Misael? São nomes que podem pintar na Ressacada. Sobre Lúcio Flávio, a informação que eu tinha é que havia conseguido a liberação do time mexicano, mas parece que não é bem assim.

Portanto ainda está em banho maria a negociação, tudo bem, estamos em julho ainda e o ano só acaba em dezembro...


Misael é nome já velho, e é uma novela que deve estrear logo após "O Astro"... e Caíque foi um nome que surgiu ontem à tarde, li em algum lugar.

O tal zagueirão também deve ser contratado, e pelo que me informei lateral esquerdo não deve ser uma das prioridades por termos Pará e Romano, sei lá...

O fato é que os dias passam e algumas peças importantes demoram a chegar. Precisamos de mais um "9" pois William ainda não estreou, o efeito "arábias" deve estar influenciando seu futebol, e isso é péssimo.

Vamos aguardar os próximos dias e ver o que vai acontecer.

4 comentários:

  1. Tem que ver se o Gabriel Zoninu colabora né?

    ResponderExcluir
  2. Rogério, acredito que o "compromisso com o torcedor avaiano", lema seguido pelo saudoso Tullo e ostentado no alto de teu espaço virtual, sugere a realização de alguns comentários, por parte desse tão conceituado blog, sobre a notícia de atuação do filho do presidente como representante de certos jogadores, um recentemente "lesionado" e transferido por quantias não sabidas, outro surgido do nada para substituir um promissor lateral afastado por razões obscuras.

    Haverás de concordar comigo que tais imoralidades, se confirmadas, são capazes de macular a história do Avaí Futebol Clube, instituição cuja existência é marcada pela moralidade e ética, ao contrário do cô-irmão do além-pontes.

    Como creio na tua lisura, advirto-te para que não te esqueças de te pronunciar sobre as referidas imoralidades, sob pena de alguns leitores passarem a imaginar, injustamente, que tuas opiniões guardam compromisso não com o torcedor avaiano, como dispõe o supramencionado lema, mas com os indivíduos que, temporariamente, representam a Instituição, o que fatalmente te atiraria ao descrédito.


    Afinal, de opiniões condicionadas a interesses, de ataques e defesas incondicionais, de omissões oportunas e de posicionamentos parciais já nos basta a mídia "oficial", tão condenada por ti e outros blogs, não é mesmo?

    ResponderExcluir
  3. Eduardo,

    Perfeito! O silêncio e o não-sei-de-nada ou o não-vi-nada em nada tem ligação com o ostentado "compromisso com o torcedor avaiano".

    Essa questão do Gabriel Zunino está muitíssimo mal explicada e é preciso, sim, uma cobrança por parte da torcida.

    Saudações Azurras!

    ResponderExcluir
  4. Eduardo, e Luis, quem sou eu para ficar explicando isso ou aquilo sobre a vida pessoal do Gabriel Zunino? Era só o que me faltava,dentro do Avaí temos pessoas suficientes para fiscalizar tudo lá dentro sem deixar a coisa descambar,

    abraço

    Rogério

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.