sexta-feira, 8 de julho de 2011

Não sejas tanso...

Ainda está na minha cabeça aquela manifestação de parte da torcida que gritou o nome de Marcinho Guerreiro ao final do jogo de quarta-feira. Naquelas frases feitas do futebol diz-se que o torcedor se manifesta com emoção e, por isso, está sempre certo.

Vejam que em qualquer situação, mesmo de minoria, sempre generaliza-se “a torcida” fez isso, a torcida “fez aquilo”. Lembro do último jogo do Marquinhos em que uma pequena parte vaiou o “Galego”, uma outra parte aplaudiu o “Galego” e uma grande parte, a imensa maioria, ficou calada. Pelos meus cálculos, 1.512 torcedores vaiaram o Marquinhos, 1.563 aplaudiram (seria mais, mas o Paulinho estava no banheiro na hora) e 5.473 torcedores nada fizeram.

Ou seja, apenas 17,68% dos torcedores presentes no Estádio naquele momento vaiaram o “Galego”, mas no outro dia alguns estrelados da nossa imprensa largaram a frase “a torcida do Avai vaiou o Marquinhos em sua despedida”....

Eu não vaiei...porém, no dia seguinte, encontrei um amigo torcedor que não pôde ir ao jogo e logo largou: “Que coisa feia ontem, né? Porque a TORCIDA do Avai vaiou o Marquinhos?”. Viram? Repetiram uma mentira e ela tornou-se verdade...não sejamos tansos. Não captou? Segunda-feira eu explicarei com mais números.

3 comentários:

  1. Olha, rogério, não vejo a coisa bem por aí. Sou torcedor presente na grande maioria dos jogos e também estou angustiado com essa fase ruim que insiste em permanecer. Sobre o marquinhos, eu o vaiei SIM, devo ter sido um dos mil e poucos pela sua contagem. Não vaiar porque? Ele assistiu FORA DE CAMPO a maior vitória da história do avaí, contra o santos, no ano passado. Se EMOCIONOU, segundo o próprio, com a partida e não deu outra: ficou queimado com a torcida deles, sem clima para continuar, e veio pra cá com ajuda IMENSA do nosso presidente. O que ele deu em troca desse esforço? Ao meu ver NADA, diz-se torcedor mas estava VISIVELMENTE ACIMA DO PESO, o que indica que não estava muito preocupado com o sucesso da agremiação. Ao surgir a primeira proposta largou o projeto que dependia completamente da sua competência, fazendo pouco caso do esforço que foi feito para trazê-lo. Aí eu te pergunto: esse cara é avaiano mesmo? Não tem recorde de partidas pelo clube, não tem mais gols pelo clube, não tem mais partidas como capitão pelo clube. Ele não tem NENHUM indicador que possa justificar tal honraria. Ah, ele falou no começo do ano que gostaria de ser o jogador que mais vestiu a camisa do avai, não é? Aonde ele está, no Grêmio? ah ta...
    P.s sobre o marcinho todos sairam perdendo. A torcida perdeu um ícone, o treinador perdeu uma boa peça, o jogador perdeu credibilidade por causa da insubordinação, e a diretoria vai perder dinheiro porque precisa contratar à altura.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Rogério,Quem sabe organizamos um tapete vermelho pro Galo e sua comitiva passar, espero que o Ricardo Texeira não esteja vendo os jogos do Avai, pois se estiver vamos perder o nosso GRANDE TREINADOR,ele deu um nó no Rene simoes né!

    ResponderExcluir
  3. nao vou ao estadio para vaiar sim para encentivar,referente a escutar radio não levo mais faz um tempo,estou dando ibope para o seu blog tem coisa mais interesante para se ler e escutar ok A PRIMEIRA VITORIA É AMANHA

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.