terça-feira, 19 de julho de 2011

O maior salário do futebol catarinense

Esta saída do atacante barbie para o Bahia está sendo tratado da forma mais amena possível. É uma coisa corriqueira do futebol? É sim, o problema é que nossa imprensa praticamente não tocou no assunto, atitude muito diferente quando coisa semelhante ocorre com o Avaí, daí fala-se em "desmonte".

O fato é que agora algumas coisas devem aparecer, como a ciumeira provocada pelo alto salário do jogador, o mais alto de Santa Catarina, no restante do elenco do time barbie.

Lá é sempre assim, a imprensa se cala pra não "tumultuar o ambiente" e depois, bem mais tarde, quando as coisas se ajeitam os podres aparecem. É a lei a mordaça imposta a eles, que só é aplicada do outro lado da ponte.

Ah, e antes que eu me esqueça, que tal fazer o cálculo do custo benefício do jogador? Coloca o número de gols marcados (com um asterisco para os que foram de pênalti) o número de meses no clube e o número de jogos? 

6 comentários:

  1. chega a beirar o rídiculo esse tratamento da imprensa com a filial da tombense......eles se calam diariamente aos problemas que ocorrem no estreito!!!enquanto nas bandas da ressacada eles procuram boatos pra desestabilizar o time a todo o momento!!! esse café com brócolis deve ser melhor que o de hotel 5 estrelas!!!!
    Caio Bittencourt

    ResponderExcluir
  2. É...sem contar que o Joílson está indo também para o Atlético Goianiense, ou seja, os dois prinipais jogadores (de renome, sim,) estão sainda, não é desmonte? O outro já iria dizer "olha aqui,óóóó...perder jogador para o Atlético Goianiense? Ah, pára né,ôôôô!!!!

    Cristiano Sima - Indaial

    ResponderExcluir
  3. ROGÉRIO, estás sendo INJUSTO.

    O CASTIEL comentou sim, e fez grandes elogios à negociação.

    Disse que foi ÓTIMO para ambas as partes. Veja o blog desse gaúcho.

    Fernando

    ResponderExcluir
  4. Lá tudo é ótimo, desde que o "café", aquele, não tem? Continue molhando coador de calça e adubando a mediocridade dos serviçais.
    Isso vai continuar por muito tempo ainda, porque depende, também, de competência, coisa que não se compra por aí.

    ResponderExcluir
  5. Ainda bem que, de vez em quando, mesmo querendo ajudar fazem cagadas homéricas, como na homenagem que ajudaram a fazer para contentar o Fernandes. Ergueram aos céus a marca de 100 gols em doze anos... Putz! Décio Amtonio no Avaí fez 96 em três anos. Outra coisa, estão agora criticando a saída do Reinaldo, com indignação de torcedor, que realmente são, eles, que diziam que o Barbye sabe segurar jogador. As coisas começam a voltar ao normal. - Roberto Costa

    ResponderExcluir
  6. ROGÉRIO, soube que ontem o MAUSÉ, nosso chargista, apresentou melhoras. Vamos botar fé. - Roberto Costa.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.