segunda-feira, 25 de julho de 2011

Remontando o time

O maior desafio de Gallo, a cada resultado negativo é manter suas convicções. Acho que no momento tem que manter estas convicções defensivas que ele possui. O jogo contra o Internacional demonstrou mais uma vez que nossa zaga "no mano" apresenta deficiências, ainda que o adversário tivesse qualidade do meio pra frente.

Hoje o Avaí deve apresentar 3 novos jogadores, um zagueiro, um volante e um atacante. Vai mesclar experiência e juventude lá atrás, e mais um jovem, mas rodado jogador como opção ofensiva.

Tanto Caçapa como Marcos Paulo chegam para a titularidade, o primeiro eu não sei como está fisicamente, mas Marcos Paulo vinha jogando, então é só colocar o uniforme e atuar.

No meio da semana temos uma pedreira, o Botafogo, que vem de resultados ruins, joga sob pressão e terá a volta de Loco Abreu, campeão da Copa América e com motivos de sobra de se desdobrar em campo, pois a ferida da eliminação deles na Copa do Brasil ainda está aberta.

Temos sim condições de buscar um bom resultado, apesar da derrota contra o Internacional não jogamos mal. Acho que traremos um bom resultado do Rio, estamos sim em uma crescente e agregando mais jogadores ao elenco. Não tenho medo do Botafogo ou de Loco Abreu, nossos jogadores também não podem ter, mas tem que entrar em campo sabedores que uma rivalidade recente se criou, e quem entrar mais consciente disso leva os 3 pontos.

2 comentários:

  1. Rogério não quero ser inoportuno mas, o Marcinho Guerreiro foi a melhor opçãoque o Avai ja teve para a proteção da zagua você na acha?

    ResponderExcluir
  2. Alguma notícia sobre a saída do Marquinhos Gabriel?

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.