sábado, 27 de agosto de 2011

Cortadas de Vôlei

A mesa bicuda de ontem, sexta-feira, entrevistou Renan, o craque da seleção de volei e Chico Lins, ambos ligados ao de lá.

Quem não assistiu perdeu de ver como a conversa correu macia, entre sorrisos, só faltou a cerveja. Ninguém colocado contra a parede, ninguém jogado em saia justa.

As perguntas dos entrevistadores? Ah, as perguntas... Alguém já ouviu a expressão "pergunta jogo de volei"? É a pergunta amiga do entrevistador, a pergunta cúmplice, que equivale a uma levantada da bola na altura ideal pro entrevistado cortar e fazer o ponto. O amor é lindo, melhor se acompanhado de um café com bolacha.

Com Toninho Cecílio, nosso novo treinador, foram sisudos, a faca na jugular, as perguntas nos pontos polêmicos, o entrevistado tendo de explicar como saiu do Vitória, (a resposta foi ótima, clara e didática) responder sobre aspectos de sua índole, se não se incomodava de ter sido contratado como plano b, etc, etc.

Mas Toninho Cecílio os surpreendeu, mostrou jogo de cintura e deixou uma impressão muito boa entre os torcedores avaianos . - Roberto Costa (O nosso)

3 comentários:

  1. Pronto, agora se o Avaí perder já acharam o culpado: a RBS, pra variar. É só comparar os números dos dois times pra ver qual deles têm mais pontos polêmicos a serem discutidos.

    Os verdadeiros culpados da fase do Avaí vestem azul e lucram - e muito - com o time. Chega de recalque com a imprensa.

    Releia o teu blog. Fala mais da imprensa do que problemas do Avaí. Os 38 gols que o Avaí tomou não foram culpa do Miguel Livramento.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. XAVIER,
    NINGUÉM FALA DE CASO ISOLADO, FALAMOS DE COISA SISTEMÁTICA. ESTÁVAMOS NA SÉRIE A, FAZENDO A MELHOR CAMPANHA CATARINENSE NA SÉRIE A E O BARBYE NA B, E A MARCAÇÃO DOS ALUGUETES SOBRE O AVAÍ ERA A MESMA, O SOL SÓ BRILHAVA NO ESTREITO. O LEMA DO MIGUEL LIVRAMENTO, QUE ELE NÃO CANSA DE REPETIR É "FARINHA POUCA MEU PIRÃO PRIMEIRO", E NEM PRECISAVA ELE DIZER, É PÚBLICO E NOTÓRIO. VOCÊS, TORCIDA BARBYE, JÁ DEFENDEM O TRAÍRA.- Roberto Costa.

    ResponderExcluir
  3. Eu não sou Barbye, sou Avaiano. Só acho uma perda de tempo gastar tanto latim filtrando a imprensa pra ver ser falam bem ou mal do Avaí. Já cansei de dizer isso aqui no blog: o Avaí é maior que a RBS.

    Pega qualquer torcedor do Figueirense e ele vai dizer as mesmas coisas que vocês vivem rebatendo, só que em desfavor do Figueirense.

    Eles acham que a RBS puxa o saco do Avaí, que o Martinello seca o Figueira quando narra o jogo. É o mesmo discurso. Um amigo meu teve a coragem de dizer que ele usava uma camisa do Avaí por baixo, durante as transmissões.

    A má fase do clube em nada tem a ver com a imprensa, e sim, com a incompetência da diretoria. Em 2009 era a mesma imprensa que estava aí e o que o Avaí fazia? vencia os jogos e tinha um time confiável.

    É claro que vocês vão rebater "não é a hora de crucificar os culpados" e "já ta todo mundo contra, não seremos também", mas acho que para um canal que diz ter compromisso com o torcedor avaiano, não poderia deixar de abordar essas questões.

    Abraço

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.