quinta-feira, 25 de agosto de 2011

#ForaDelfim #ForaRicardoTeixeira

"A Federação Catarinense de Futebol vem a publico manifestar seu repudio contra qualquer manifestação ofensiva, realizada em jogos no território de Santa Catarina, direcionada ao Presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Dr. Ricardo Terra Teixeira, bem como à própria CBF.

Especialmente com relação a informações veiculadas na imprensa referentes ao clássico entre Figueirense e Avaí, válido pela Série “A” do Campeonato Brasileiro, que será realizado no próximo domingo, 28 de agosto, no estádio Orlando Scarpelli, as presidências das duas equipes também se mostraram absolutamente contrárias a este tipo de atitude por parte de seus torcedores.

A FCF ressalta que este tipo de manifestação se configura como uma infração ao Estatuto do Torcedor, cujo artigo 13-A, inciso IV, dispõe: “São condições de acesso e permanência do torcedor no recinto esportivo sem prejuízo de outras condições previstas em lei”- IV - “não portar ou ostentar cartazes, bandeiras, símbolos ou outros sinais com mensagens ofensivas, inclusive de caráter racista ou xenofóbico”.

O parágrafo único deste artigo estabelece que “o não cumprimento das condições estabelecidas neste artigo implicará a impossibilidade de ingresso do torcedor ao recinto esportivo, ou, se for o caso, o seu afastamento imediato do recinto, sem prejuízo de outras sansões administrativas, civis ou penais eventualmente cabíveis”.

A Diretoria e o Presidente da FCF, Dr. Delfim Pádua Peixoto Filho, reiteram sua parceria e seu apoio à Confederação Brasileira de Futebol e seu Presidente, Dr. Ricardo Teixeira, que sempre foi um amigo e deu suporte ao futebol catarinense. Lembramos ainda que “ninguém será considerado culpado até o transito em julgado ter sentença penal condenatória”, conforme trata nossa Constituição Federal, no inciso LVII do Artigo 5º.

A Federação Catarinense de Futebol deseja ainda que os jogos realizados no estado sejam momentos de confraternização e lazer para os torcedores, e que prevaleça o espírito esportivo, com paz entre as torcidas e destas com relação a todos os envolvidos no meio esportivo, sejam clubes, órgãos de imprensa ou entidades administradoras do desporto."

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-a/noticia/2011/08/federacao-de-sc-ameaca-expulsar-do-estadio-quem-protestar-contra-cbf.html?utm_source=Twitter

3 comentários:

  1. Jamais li tamanho absurdo, os "jurisconsultos" da federação devem ter aprender um pouco mais sobre a hierarquia das leis, e conflito aparente de normas...
    Esqueceram-se do art. 5, IV "IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;" e XVI- "todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade competente;" ... para né, se pode até "Marcha pela Maconha", pq não poderia me expressar livremente?! #ForaDelfin"XUPIM" #Foraricardoteixeira !!! E tenho dito!

    ResponderExcluir
  2. ... É O TÍPICO PENSAMENTO DE SAFADO SOCORRE SAFADO... NOJENTO E SEM VERGONHA SOCORRE NOJENTO E SEM VERGONHA. É O BALAIO DE SIRI...PUXA O PRIMEIRO VEM UM MONTE AGARRADO NO PRIMEIRO...

    RICA CÂMARA.

    ET. - ESTAMOS NUM PAÍS DEMOCRÁTICO, DE LIVRE PENSAMENTO E EXPRESSÃO, PORTANTO: FORA DELFIM SAPO BARBUDO FORA RICARDO TEIXEIRA...

    ResponderExcluir
  3. Ocorre que neste nosso Brasil, de leis saindo pelo ladrão, sem qualquer trocadilho, obedece lei quem precisa.
    Na verdade esta manifestação é perfeitamente coerente com o andar da carruagem, há muito, muito, muito tempo.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.