quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Responsabilidade no ombro dos jogadores!

Gallo foi embora, chegou Toninho Cecílio que ainda busca seu espaço como treinador. Seu grande trabalho foi com o Barueri/Prudente no Paulistão 2010. Na séria A, após aquela goleada do Avaí o time logo se recuperou e fazia uma campanha regular fora da zona de rebaixamento.

Toninho Cecílio é um nome que não traz a confiança do torcedor e ele sabe disso. Não há como avaliá-lo sem observar seu trabalho. Sua coletiva foi boa, porém não se ganha jogos com boas entrevistas. Espero que ele consiga realizar um grande trabalho e torne-se ídolo.

A postagem na realidade não tem o escopo de avaliar o técnico, entretanto chamar os atletas do Avaí a sua responsabilidade. Nas duas últimas partidas que o Gallo estava no comando o futebol apresentado foi lastimável. Parecia um recado: o problema está no comando.

Agora é um treinador novo. Novo modo de pensar, forma diferente de cobrar. Um estilo diametralmente oposto do Gallo. Márcio Goiano revelou em entrevista concedida ao Infoesporte.com.br que a primeira opção do clube foi o Toninho Cecílio, sendo a preferência do Zunino pelo Goiano, de qual ele não esconde grande admiração.

Se o problema era a falta de confidência entre comandantes e comandados, tem que ser dada a resposta em campo. Não há mais tempo para assuntos menores. Os maiores beneficiados de uma recuperação são os próprios atletas. Até porque todo atleta que se destaca no Avaí tem futuro garantido a frente.

É hora também do grupo mostrar que poderá merecer a confiança do torcedor, que também já se perdeu. O próximo jogo é um clássico que não dirá nada sobre o nosso futuro caso tenhamos um resultado positivo, mas poderá ser o ponto de início de uma recuperação.

Um comentário:

  1. Concordo com o post.
    Agora é com "os 11" e se tinham alguma restrição ao Gallo (de longe era o que parecia), o clube foi prejudicado e está na hora deles recuperarem estes pontos e tempo perdido.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.