terça-feira, 11 de outubro de 2011

E na seleção da 28ª Rodada...

"LATERAL-ESQUERDO

Recém-contratado ao Sport, Fernandinho chegou ao Avaí tomando conta da lateral esquerda. Com característica ofensiva notável, ele foi um dos responsáveis pelas principais jogadas avaianas na convincente vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-PR. Com drible fácil, Fernandinho ganhou ainda mais espaço quando Edílson foi substituído no Furacão e deitou e rolou pelo setor esquerdo. Juan (São Paulo), Everton (Cruzeiro) e Vicente (Ceará) tiveram boas atuações, mas não superaram a nota 7,5 do jogador do Avaí."


"ZAGUEIROS

A dupla de zaga da rodada se diferenciou dos demais concorrentes pelo caráter multifuncional de suas atuações. Jéci, do Coritiba, e Leandro Castan, do Corinthians, receberam a nota 7 por terem sido eficazes na defesa e no ataque. Além de brecar o ataque do Grêmio, o zagueiro alviverde subiu muito para fazer o segundo gol do Coxa no triunfo por 2 a 0. Já no Pacaembu, Castan, também de cabeça, deu início à tranquila vitória diante do Atlético-GO. No setor defensivo, nenhum susto contra Felipe e Anselmo. Gian (Avaí) e Índio (Internacional) também fizeram gols nos jogos de suas equipes e ganham menção honrosa."

"MEIAS

O Flamengo não tem sido certeiro quando o assunto é a contratação de jogadores estrangeiros. Depois dos recentes tiros n'água ao trazer Peralta, Maxi, Sambueza e Fierro, a cartada deste ano foi em cima de Bottinelli, até então desconhecido no futebol brasileiro. E o argentino não correspondeu às expectativas logo de cara. Um Campeonato Carioca marcado por lesões e um início de Brasileiro de altos e baixos aumentaram a desconfiança. Porém, El Pollo, como é chamado no seu país natal, reservou para o Fla-Flu a sua melhor exibição com a camisa rubro-negra.  Ele entrou no segundo tempo para mudar a história do Clássico das Multidões deste domingo. Com personalidade, chamou para si a responsabilidade de cobrar com maestria a falta que igualou o marcador pela segunda vez. Pouco depois, em mais um chute de rara felicidade, garantiu a virada do Flamengo e se tornou o craque da rodada com a nota 8,5. Quem também usou de muita categoria para levar o seu time a triunfar foi Lincoln. Com um gol e uma assistência, ele ditou o ritmo do Avaí contra o Atlético-PR e faturou a nota 8. Cleverson (Avaí), Montillo (Cruzeiro) e D'Alessandro (Internacional) também nos brindaram com excelentes atuações."

"ATACANTES

Sem contar com Liedson e Emerson, o Corinthians teve em Willian o seu principal trunfo para retomar a liderança, que nas últimas rodadas vinha sob o poder do Vasco. O jovem atacante não sentiu o peso de substituir os ídolos da Fiel e foi crucial para o sucesso corintiano contra o Atlético-GO. Com um golaço de categoria extrema, e de canhota, o camisa 7 fez a diferença a favor do time comandado pelo competente Tite. Fez valer a nota 8 que recebeu. Com atuação de mesmo valor, Souza foi um pesadelo para a zaga do Botafogo e seus torcedores, que alimentam uma rivalidade dos tempos em que o jogador defendia o Flamengo. O atacante marcou os dois gols do Bahia no empate por 2 a 2.  Dagoberto (São Paulo) fez um golaço no empate contra o Cruzeiro por 3 a 3 e merece ser exaltado. Rafael Coelho (Avaí) teve papel importante na bela atuação de sua equipe e também fez valer a citação."


Fonte: http://globoesporte.globo.com

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.