domingo, 23 de outubro de 2011

Felipe foi o cara

Mais que um goleiraço, Felipe tem as manhas de um grande goleiro. Lidera a zaga, toma um tempinho quando precisa, faz defesas em bolas difíceis e, principalmente, não se abate quando toma um gol.

Parece realmente estar comprometido com o grupo e com a torcida. Na semana que passou ouvi a baboseira de que ele não deveria se escalado contra o Botafogo, porque teria falhado em um ou dois gols contra o Internacional.

Ontem Felipe deu a resposta. Se não tivesse jogado teríamos sido goleados. E não me digam que qualquer goleiro reserva faria melhor, porque aí já é achar que a torcida do Avai é formada por ignorantes.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.