segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Sem lero-lero


Agora “não tem lero-lero”!!!. Uma coisa é a crítica, a tristeza pela queda, é a raiva da diretoria, desse ou daquele jogador.

Outra coisa é ser avaiano de verdade, de coração. Se tens dúvida quanto àquele ou este, vai lá pela nação avaiana, vai lá para iniciarmos o caminho da volta, vai lá para não seres humilhado depois por pseudojornalista, vai lá pelo Cássio e pelo Rafael (este visivelmente triste por não poder estar ajudando), vai lá pelo teu ídolo e pede para ele dar tudo de si.

Vamos lá cobrar também. Quem rebaixou o Avai pode amenizar a dor da torcida e terminar o campeonato com dignidade. Para isso, encher a Ressacada é essencial. Tá caro? Faz um esforço! Junta a turma e vai para a ressacada com a cara pintada, mostrando o orgulho de ser avaiano. Vamos vestir a camisa do Leão e mostrar quem manda na Ressacada!!!

Um comentário:

  1. Rogério,
    Sempre gostei muito de tudo que teu pai escrevia... Muito mesmo! Pra ser bem honesto, quando começasse a escrever percebi uma diferença grande entre vocês dois e algumas coisas comecei a não concordar, como exemplo: a rescisão com a champs e o novo contrato com a fanatic (principalmente sobre o que escrevesse sobre os royalties e tudo mais...), mas sempre continuei acompanhando o blog diariamente. Acompanhei todas discussões entre vários blogs avaianos sobre as críticas ao clube e tal. Nunca tomei lados, ou deixei de acessar um ou outro blog. Sempre gostei de todos, sempre vi defeitos e virtudes. A minha mágoa foi agora nesses últimos meses, quando simplesmente nós estávamos na lanterna e aparecias aqui somente pra defender a diretoria, o elenco, as contratações, enfim em uma situação que ficava mais do que claro que havia algo errado, não li uma crítica sobre qualquer coisa relacionada ao time. E logo depois o que de fato me assustou é que esse blog, o mais acessado da blogosfera avaiana, igualmente como a nossa diretoria, calou-se. Simples assim, o silêncio. Nenhuma postagem (li perfeitamente e entendo que o trabalho ocupou teu tempo. Mas não deixo de perguntar: E se o Avaí tivesse dado uma reviravolta e começasse a ganhar de novo, com direito a chegar no clássico domingo fora da zona de rebaixamento, será que o silêncio do blogueiro teria perpetuado por tanto tempo?) E agora o que me faz escrever e comentar aqui, sendo que nunca comentei muito em nenhum blog, mas acompanho diariamente há quatro anos, é o seguinte: Como que depois de tudo isso, desse silêncio, da lanterna no campeonato, da humilhação, tu vem e posta aqui coisas como "sem lero-lero" e faz comentários do tipo "uma coisa é a crítica e a raiva da diretoria, outra é ser avaiano de verdade", "no final do campeonato vou postar o nome do x9", "falta de comprometimento do elenco"... Porra! Fala de verdade!! Falar mau do Avaí é sim ser alvinegro, agora falar mau da diretoria, do elenco, das nebulosas transações que ocorrem, do fraquíssimo planejamento, das milhões de mancadas cometidas interruptamente durante dois anos é sim ser avaiano! Avaiano de verdade!!
    Então sim, eu concordo com blogueiro burro, que escreve que enaltecer uma vitória no clássico é uma forma de passar perfume na merda pra fingir que melhora alguma coisa. Sim eu acho que tem que malhar o pau agora. É hora de nem pensar em criticar a imprensa, é hora da autocrítica pesada, de olhar para o nosso umbigo e falar em voz bem alta: "A minha culpa é essa."
    Enaltecer o Avaí, sempre!
    Criticar os erros do clube, sempre também!

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.