domingo, 29 de janeiro de 2012

Não seria fácil

Fonte: www.avai.com.br
E não foi! Durante a semana já se falava que a partida contra o Atlético de Ibirama seria complicada, porém a obrigação da vitória era do Avaí. Foi o que aconteceu. Uma vitória apertada por 2 x 1 contra a equipe de Ibirama.

Em casa o Avaí é 100%. Fez valer seu mando de campo nos seus dois jogos. Fez a sua lição de casa. Criou mais que seus adversários e apresentou dificuldades em transformar essas chances em gol. É algo a ser corrigido, assim como as bolas aéreas.


A diferença é que contra o Atlético de Ibirama o ataque funcionou (???), Laércio saiu da base e do banco parar balançar a rede e marcar o segundo gol avaiano. O primeiro foi um golaço do zagueiro-volante Bruno, que teve ótima atuação.

Possivelmente durante essa semana atacantes chegam à Ressacada: a incógnita Gilmar, que torço para que consiga jogar porque tem qualidade, e Nunes. Este por onde passou, quando teve oportunidades, sempre marcou muitos gols. É um bom nome. Agora é esperar a sua confirmação pela diretoria e em campo.

Contrações, nesse momento, devem ser pontuais. Estudadas. Não adianta quantidade, é avaliar as deficiências do atual grupo e trazer as peças faltantes. O bom é que o Avaí tem conseguido conquistar os resultados esperados, enquanto ajusta a sua equipe. Outro ponto positivo é que os setores do clube não estão inertes e continuam trabalhando para termos um grupo forte nesta temporada.

Aliás, é importante lembrar que times comandados pelo Mauro Ovelha nunca deram espetáculo, mas sempre foram muito competitivos e conquistaram resultados expressivos. Com o Avaí neste ano não deve ser diferente, não se pode esperar um futebol show e sim um time muito aplicado. O que importa no fim são os três pontos e hoje foram computados na conta do Leão, de novo.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.