segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Jogou melhor? E daí?

O Avaí dominou o jogo, teve mais posse de bola e apresentou melhor futebol. Mas, de nada adianta ter esse domínio teórico se não conseguir transformar isso em gols. O Avaí não teve a competência para marcar, o que não aconteceu com o Figueirense.

Aliás, a proposta do time do Estreito foi clara. Esperou um erro do Avaí e quando isso aconteceu, matou o jogo. Em uma bola que o Avaí perdeu lá no ataque, surgiu a jogada que resultou no gol deles.

O resultado é ruim. A tabela embolou e caso o Avaí queira ser campeão do 1º turno, tem obrigação de vencer os dois últimos jogos: Joinville na Arena e o Metropolitano na Ressacada.

Agora são 10 dias sem futebol, que deverá ser de muito trabalho para os atletas e comissão técnica. É uma oportunidade de uma mini pré-temporada durante o campeonato. Tem que ser bem aproveitada para que erros que acompanharam o Avaí nesses primeiros jogos, mesmo naqueles em que o resultado foi positivo, não se repitam.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.