quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

O discurso é insustentável

A má vontade com o Avaí é visível, principalmente quando conquista seus resultados. O Avaí hoje é o vice-líder da competição. Só perdeu uma partida para o líder em seus domínios que não perde lá há muito tempo. E mais: já conquistou a primeira vitória fora de casa, coisa que a "sensação" do Campeonato que ganhou desses "especialistas" o título de Campeão Catarinense ao bater o lanterna na primeira rodada, não fez. Detalhe: jogou contra o vice-lanterna fora e só empatou.

Independente das três vitórias consecutivas o time do Avaí é sofrível, segundo eles. "Nos três jogos pelo Catarinense, o time mostra falta de qualidade em todos os setores." E o pior "é que não estou vendo movimentação dos dirigentes para contratações." (Na última semana foram 3 reforços) "Falta meio time!"

Hoje, após a vitória, o mesmo cumpridor de ordens decretou: O Avaí só ganhou porque foi um jogo fácil. No Avaí não há méritos. Necessário lembrar que pelo mesmo placar o líder da competição - a Chapecoense - venceu em Brusque, o que mostra não ser fácil levar os três pontos lá dentro. Campo ruim, pequeno e adversário que mesmo sem grande qualidade fecha os espaços.

Não há uma linha de reconhecimento no trabalho feito até agora e, infelizmente, essa conduta se estende a toda a Rede de Baixos Salários. Que estrago faz um croquete acompanhado com o Café com Brócolis, não?

5 comentários:

  1. Se as críticas ao elenco forem feitas pensando pra frente, na Serie B, acho que muitas têm cabimento. Não adianta todo ano fazer brilhareco no estadual e se enganar. Aí toma pau no Brasileiro e acha que é fatalidade..

    ResponderExcluir
  2. Você tem toda razão. A transmissao pela TV ontem foi de chorar: o Bob Vasel parecia que estava comentando jogo do pior time do mundo...Quando Chapecoense ganhou lá de 1 a 0 também elogiaram a eficiência, futebol de resultado, etc. No nosso caso, nem futebol de resultado vale. Que coisa, não?
    Helton Ricardo Ouriques

    ResponderExcluir
  3. Só existem culpados do nosso lado.
    1 - O Avaí continua babando nas bolas deles;
    2 - Eles são tratados a pão-de-ló até pela nossa torcida. Nem um "tomatecru" a torcida canta;
    3 - Muitos ainda dão audiência, inclusive eu em alguns pós-jogos.

    INIMIGOS NÃO ENTRAM NA MINHA CASA.
    A determinação deveria começar assim pelo Presidente do Avaí.

    Já falei isso algumas vezes, mas tenho vivo na memória qdo o JBTelles tirou o cabo do microfone do jornalista da RB$.
    O dia que o filho do PPP deu um sonoro esporro no RA ao vivo;

    E nós??? nada.....

    Analisar um jogo é uma coisa, denegrir como faz esse merda é outra.

    Se eu fosse empresário pensaria 10 vezes antes de patrocinar o Avaí, já que segundo a RB$ tudo que exiete de ruim no universo está dentro do clube.

    ResponderExcluir
  4. Fabio, mas também, uma considerável parte da torcida repercute o negativismo insano apontado para o Avaí. Tem gente que torce contra só pra provar que o Zunino é incompetente. E ainda fala "eu já sabia". Tali e quali o Migueli.

    ResponderExcluir
  5. Na verdade isso já é muito antigo, mas me parece que está tomando contornos que poderão chegar às raias do insuportável para o Avai e sua torcida.
    Este que afirma que a diretoria não está trabalhando, na mesma semana em que chegam três reforços, é um cidadão despreparado.
    O que agrava é que antes disfarçavam um pouquinho, hoje não escondem mais suas incompetências e suas preferências.
    Acho que seria muito bom cantar aquela "musiquinha", homenageando cada um específicamente. Seria lindo.
    Bighal.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.