domingo, 15 de abril de 2012

Clima de guerra em Blumenau

Amigos avaianos, moradores de Blumenau, me relataram que o clima de "Interior x Capital" tomou conta daquela cidade durante a semana.

A partida de hoje à tarde foi promovida pelas rádios e programas de TV locais, além de carros de som que percorriam os bairros.

Além da vaga às semifinais, o chamamento lembrava da vaga à Série D que pode ser conquistada em caso de classificação.

Como já falei em postagem anterior, o jogadores avaianos tem que estar preparados para o que vão encontrar por lá. Sei que Hemerson Maria, com toda sua vivência dentro do mundo do futebol deve ter passado isso aos jogadores, resta saber se eles assimilaram.

Mais do que nunca aumenta a minha preocupação com Célio Amorim. Não o considero um árbitro que esqueça as arquibancadas e apite com a sua consciência. Ao primeiro berro do torcedor local pedindo cartões para os jogadores avaianos ele deve atendê-los.

Temos que lutar, brigar, se impor dentro de campo. Somos maiores e melhores, somos o time da raça, e o torcedor avaiano estará presente. Seremos 640 torcedores, que vão calar o torcedor adversário no Estádio do SESI. Os jogadores não estarão sozinhos, vamos pra guerra juntos!

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.