segunda-feira, 23 de abril de 2012

Difícil, mas não impossível!

O empate na noite de ontem, com a Chapecoense, dentro da Ressacada, faz a missão de ir à final do Catarinense mais difícil.

O jogo de ontem nos dá muitas lições, principalmente já pensando em Série B. O esquema fechado do time do Oeste é só uma prévia do que vamos encontrar em todo o campeonato brasileiro, mas isso é assunto para tratarmos mais adiante.

Mostramos dificuldades ofensivas contra um time que se posta bem lá atrás. É impossível vencer em Chapecó? Claro que não, temos condições para isso, até porque não acho que eles jogarão lá como jogaram aqui.

Acredito no time avaiano, e sei que os os jogadores também estão acreditando na classificação. Vamos pra cima!

Um comentário:

  1. O resultado foi horrorível para as nossas pretensões, porém, pior ainda e, o que, realmente, causa preocupação é o comportamento do time, bem diferente dos últimos jogos.
    Claro que o adversário se fechou bem, foi bem na defesa, mas nosso técnico quando tomou algumas atitudes, algumas muito tarde, não teve sucesso.
    É preciso reavaliar a titularidade do Robinho e procurar uma fórmula pra fazer o time ser mais rápido na passagem do meio para o ataque.
    Agora é vencer lá. Eu acredito, se tivermos outro comportamento.
    Bighal.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.