quarta-feira, 18 de abril de 2012

Jogo de cena e falta de ética: você vê por aqui!

Li na imprensa, na semana passada, que um determinado clube que não fica na Ilha, tem passado informações desencontradas ou erradas à imprensa esportiva, para enganar os adversários. A reportagem falava da questão dos jogadores contundidos.

Mero jogo de cena, para esconder quem joga e quem não joga. A imprensa sempre tem a informação correta, vai do interesse dela informar ou não, juntamente com o pedido do clube, principalmente neste caso, do time fora da Ilha.

Agora, a imprensa a serviço do time que não é da Ilha, divulga, às vésperas de dois jogos decisivos, o interesse deste clube nos dois principais jogadores do time adversário para a disputa à Série A. Falta total de ética por parte do clube, com a colaboração da imprensa, mais uma vez.

Ora, não é tão difícil conseguir notícias do time que não é da Ilha? Como se conseguiu esta sobre o interesse nestes dois jogadores?

Aliás, este artifício de mostrar interesse em jogadores adversários já foi usado com um rival no ano passado, às vésperas de um jogo decisivo, assunto já divulgado pelo blog, não é Lincoln?

Imaginem se é o contrário? Daí aquele gaúcho de bosta, que está sempre a serviço do time que não é da Ilha já teria colocado a boca no mundo, não é não?

Um comentário:

  1. mais um para o time

    Paulo Branchi na mesa bicuda calou o MAL com uma baita mentira.
    Para defender o alvirosa das acusações de falta de ética por divulgar o interesse em jogadores do Joinville, disse que o Avaí também fez isso, que quando a Chapecoense veio jogar a final contra o Avaí o Cléverson já sabia que viria para o Avaí.
    Ora, a final entre Avaí e Chapecoense foi em 2009, o Cleverson nem jogava lá, só veio pro Avaí em 2011 de pois de campeão pela Chapecoense em cima do Criciuma.

    Só sei que o MAL engoliu e ninguém falou mais no assunto...

    abraços

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.