terça-feira, 10 de abril de 2012

Mais realista do que o rei...

Não estou gostando do comportamento do TJD de Santa Catarina nas últimas semanas. Tô sentindo o cheiro de estrelismo e exibicionismo. Tem gente que quer ser mais realista do que o Rei e aí troca os pés pelas mãos.

Primeiro foi aquela punição do atleta sousa da Chapecoense. Um zagueiro que há quatro anos não era expulso e que ainda sempre foi capitão nos times em que passou justamente por sua postura. Mas bastou machucar um atleta do tricolor do estreito para a imprensa armar o circo e o tribunal ir atrás.

Uma suspensão de 4 jogos - como a sugerida por alguns auditores - estava de bom tamanho, agora, suspende-lo até que o atleta lesionado volte a jogar foi média para agradar a imprensa e o alvinegro esverdeado, e do contrário ninguém me convence.

E, como se não bastasse a média, agora vem o procurador do TJD e denuncia o Nunes por um "entrevero" com o Bruno, fato que ele viu pelas imagens e pela imprensa: mordeu a isca!

Pô, será que ele não ouviu tambem, logo em seguida, o pedido recíproco de desculpas entre os atletas, esse sim, fato amplamente divulgado pela imprensa no dia seguinte?

Agora, então, Dr. Mariot, cabe a pergunta: e as imagens do Toró chutando o atleta adversário? O Sr. também não viu? O pior cego é aquele....

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.