domingo, 29 de abril de 2012

O "quase mago" Maria

Ele tirou leite de pedra na tarde de hoje. Hemerson Maria é o principal responsável pela ida do Avaí à final do campeonato. Mérito dividido com os jogadores.

O senão desta classificação é a insistência com o jogador Robinho, espero que ele reveja pelo menos ESTE conceito.

O time do Avaí foi brioso, teve chances no primeiro tempo mas não aproveitou, e numa falha da zaga tomou o gol que era um balde de água fria.

Vencemos por 2x1, de virada, apesar da inoperância de nosso ataque e pelo esforço do grupo. São 3 finais em 4 anos, não é nada não é nada demonstra nossa força no estadual.

Agora é esperar o adversário. Minha preocupação é em relação ao ataque. Laércio dá pena, não tem base, não tem força física e não assusta os adversários.

Felipe é o melhor deles, e Capixaba nos faz pensar que nunca foi observada uma partida dele antes de contratá-lo. Sim, pois um atacante que consegue ficar em impedimento, umas 7 ou 8 vezes por partida não pode jogar em série alguma.

Vamos lá Avaí, só depende de nós.

Um comentário:

  1. Você foi perfeito em seu comentário!

    Eu estava xingando o Hemerson aqui por deixar o Robinho 70min em campo enquanto o Palhinha fica no banco...

    robinho perdeu todos os lances, entregou TUDO. Nao ajudou em nada. Ainda tomou um balaozinho e um piruzinho no mesmo lance do fraco jogador da Chapecoense. Enfim, triste a insistencia de Hemerson com robinho.

    Pra mim isso basta pra dizer: o nosso técnico é burro.

    Mas tenho que admitir que é um motivador e conseguiu unir o grupo. Torço muito por Hemerson Maria, que identifique esse problema grave para levar o Avaí ao título!

    abs,
    Marcelo

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.