domingo, 15 de abril de 2012

Reassumindo a posição de time grande

A categórica vitória avaiana na tarde de hoje em Blumenau por 5x2 nos recoloca em posição de destaque no Campeonato Catarinense.

São 4 jogos com Hemerson Maria no comando e um crescimento de futebol a olhos vistos. Jogamos sem sobressaltos, ou alguém acha que com o jogo em 3x1 algo de errado poderia ter acontecido?

O Avaí foi tranquilo, comandado pela categoria de Cléber Santana, e por dois lampejos de Robinho. Este aliás foi decisivo na partida.

Hermeson Maria mostra que conhece o Catarinão como ninguém. Anulou Nequinha, isolou Rafa Costa, e quando o meia blumenauense começou a se engraçar colocou Diogo Orlando em sua cola.

As apostas de nosso treinador deram certo, Robinho deu um lindo passe para Felipe, e fez o dele, nos colocando em vantagem de 2x0. Depois Robinho voltou a ser ele mesmo. Perdeu um gol por falta de seriedade e esteve sempre meio escondido na partida.

Felipe também jogou bem, apesar de duas tentativas afobadas de chutes de fora da área no 1º tempo, mostra oportunismo e competência nas oportunidades que aparecem.

O time blumenauense foi apático, sem garra, esperava pelo menos alguns carrinhos por trás, e coisas deste tipo ao estilo futebol pegado do interior de Santa Catarina.

E na composição das semifinais nos demos bem, pegaremos a Chapecoense, que dos 4 times da fase decisiva é o mais fraco tecnicamente, ainda que se tenha o "fator Índio Condá" para enfrentarmos.

Sobre Célio Amorim, justiça seja feita, arbitrou sem problemas, surpreendendo-me pessoalmente. Não exagerou em cartões, deixou de dar um ou dois para o time de Blumenau, mas nada muito escandaloso, no mais não comprometeu, o jogo que foi até fácil de ser apitado.

O torcedor avaiano compareceu, fez a festa e está ainda mais confiante para o próximo jogo que será "não sei aonde"...



Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.