domingo, 6 de maio de 2012

3 x 0 com autoridade!

Foto: Jamira Furlani
O único pecado do jogo foi o gol perdido por Nunes para fazer o quarto gol. Uma pena. Mas falando em Nunes, foi o carrasco do Clássico. Aliás, nessas partidas ele tem tido destaque. No segundo turno, fez um dos gols no empate em 2 x 2 lá no Remendão. Hoje foi decisivo nos três gols do Avaí: fez o primeiro, participou do lance do segundo e sofreu a falta para que Cleber Santana guardar a bola no ângulo.

Uma vantagem excelente. Dizer antecipadamente que algo está decidido não existe, porém todos sabem quão improvável será reverter essa vantagem. Isso dava para perceber nas declarações dos jogadores do time deles no final da partida, principalmente do FernanDM que falou tão apaticamente quanto jogou hoje.

No Avaí não teve melhor ou pior em campo. Foi uma vitória do grupo, que foi aplicado durante toda a partida. Um time bem treinado e com foco em seus objetivos. Por essa razão conquistou o sétimo jogo de invencibilidade, ganhando 5 partidas e empatando duas. Enfrentando os principais times de Santa Catarina: Joinville, Metropolitano, Chapecoense e a Brisa do Estreito. (Brisa... porque pra furacão ainda falta muito, ainda mais pra um time acostumado com o Vento Sul como o Avaí!).

A festa da torcida não entra em campo. O torcedor tem sim o direito de comemorar e estufar o peito e falar dessa vitória a semana inteira. 

Para o Clube isso já é passado. É uma semana inteira até o último clássico do ano, que decidirá o título do Estadual. É seguir com o forte e excelente trabalho realizado até aqui. Tenho certeza que a seriedade do trabalho de Hemerson Maria não deixará o clima de oba-oba reinar na Ressacada. É foco, determinação e garra que estão no sangue do torcedor avaiano e desse grupo de jogadores para jogar mais uma grande partida e levantar a taça.

Mais uma vez o ditado já tão conhecido pode ser repetido: Esse Avaí faz Coisa!

Um comentário:

  1. Parabéns naçãao azul!!!. Aqui em Criciúma ta todo muito triste pelo "vexame" que o tigre deu no catarinense, mais ver o leão deixar o Figueira no chinelo é show de bola. Foi lindo. A RBS puxa muito no saco do figueirense. Aqui falava-se em goleada dos alvinegros, e eu sempre pensando. "Time de raça, na hora H rugi.".

    - Meus parabéns a todos os torcedores da Elite Azul e Branca.

    Luciano Sipriano

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.