quarta-feira, 16 de maio de 2012

Diarréia coletiva

Jornalista e ex-escudeiro de Paulo Prisco Paraíso está de volta ao Remendão. Me recuso a dizer seu nome já que era inimigo declarado do Avaí quando ocupava coluna no DC.

Só para lembrar uma "nota" na época de colunista, e esta eu tenho recortada e guardada, ele tratou como "melancólico" o título avaiano na Série C de 1998 pois o Leão foi derrotado no último jogo, pelo São Caetano.

Aliás, naquele dia tomamos o gol aos 38 minutos do 2º tempo quando a outra partida, que poderia nos tirar o título, já havia terminado, nos garantindo o troféu e a estrela amarela no peito.

Outro episódio deste jornalista (?) foi quando arrancou o microfone da mão de Dolmar Frizon dentro de campo, acho que na cidade de Tubarão, impedindo que o mesmo entrevistasse um jogador do time Barbie, quando este ia para o vestiário.

Imagina o medo dos repórteres da CBN e da RBSTV com a volta dele.

Claro que o que vamos ler durante a semana é sobre o grande caráter dele, grande profissional, competência e etc.

E a vida segue...

Um comentário:

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.