sexta-feira, 22 de maio de 2015

Futebol da Capital na página errada

O futebol de Florianópolis está nas manchetes de todo o país, infelizmente pelo motivo errado. Os últimos acontecimentos do Clássico na Copa do Brasil e os vídeos gravados pelos irresponsáveis torcedores avaianos e o dublê de atleta profissional França elevaram a temperatura da rivalidade da dupla da Capital.

Não é esse o patamar almejado por nenhum dos dois clubes. O momento é das diretorias baterem firme. Do lado do Estreito o jogador deles tem que sofrer punição exemplar, o desrespeito a instituição Avaí extrapolou todos os limites.

Do lado avaiano a atitude do jogador Eduardo Costa, que supostamente agrediu o treinador do time rival tem também que ser punida. O volante avaiano deve desculpas ao clube e ao torcedor.

Atletas, dirigentes e torcedores tem que entender que ao abrirmos um jornal somente em um local devemos ler sobre Avaí e Figueirense: na editoria de esportes. O que vem acontecendo de forma reiterada ultimamente, por culpa de torcedores e agora de jogadores é lermos sobre Ministério Público, Delegado, B.O., inquéritos e etc.

Chegamos em um momento que nem provocações, como a de Marquinhos Santos, referindo-se ao "Vice-Campeão Estadual" são bem vindas, quanto menos alimentarmos a rivalidade, ainda que de forma sadia, mais conseguiremos colocar as coisas no devido lugar.

Acho que ambos os clubes pecaram em omitir-se, deixaram as coisas irem longe demais, torço para que não seja um caminho sem volta.

Para quem estranhou minha manifestação via blog, esclareço que senti-me obrigado a dar uma opinião sobre o assunto antes que haja uma esvaziamento ainda maior de nossos estádios por conta da violência.

Um abraço

ROGÉRIO CAVALLAZZI

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos. Sugere-se a utilização das demais formas de identificação disponível.